Gustavo André: Forço-me a lembrar que há destinos...

Forço-me a lembrar que há destinos piores

Dói tanto quando vc ama e não tem palavra para expressar. Olha, sorri, dança, pula e grita, improvisa mímica de adoração. Meu coração esta se partindo e não me deixou nem um presente, nem uma última surpresa, ele só me lembra, de todo o amor que não posso tampouco me expressar, mesmo com o brinquedo inútil da palavra. Amor atrasado. Ou ilegal. Ou indesejado. Amor que no mundo burocrático será sempre uma coisa sobrenatural. Vc enterra fundo, você carrega em silêncio. E as palavras, a elas resta serem mera mímica de outra coisa.

Inserida por gutooo