Gustavo André: Enquanto passam as horas, meus...

Enquanto passam as horas, meus pensamentos teimam comigo, e a tinta que vos escreve, continua sem rumo.
Vêm as palavras confusas, e os pensamentos desconexos, prontos para enlouquecer-me, neste mar de incertezas.
Vão-se os minutos que tornan-se anos, e a mente calada zombando de mim, ri de todas essas minhas desilusões.
Quanto mais perto pareço chegar, mais longe estou, e entendo o porque do meu afastamento!

Inserida por gutooo