Bosco Costa - pontokkkomhotmail.com: Miudo Claro que não tenho nada, ando...

Miudo

Claro que não tenho nada, ando duro.
Dinheiro acabou, nem moedas de chocolates
Consegui trazer lá de trás

Mas ainda posso brincar com cacos de telhas
Riscar muitos mundos na terra do chão
Me imaginar com asas
E voar por cima das misérias do mundo
Esquecer que ele não cresceu e nem eu!

Bosco- Jacareí. Carnaval 2007

Inserida por thaiszimerer