Fátima Merigue de Mendonça: MINHA SORTE Minha sorte foi colher...

MINHA SORTE
Minha sorte foi colher sementes do bem
Plantá-las dentro de cada coração
e aos poucos vê-las brotarem,
transformando-se em flores de AMOR.
.
Reguei-as com carinho,
ás vezes com minhas próprias lágrimas.
Destribui raios de luzes para que germinassem
e brotassem em cada coração.
.
Aos poucos percebi que cresciam
Multiplicando-se.
Conquistei amigos e os acolhi em meu campo.
Dividimos todos os momentos,
as tempestades e depois as calmarias.
Sorrimos e choramos
sempre juntos!
.
Para cada amigo brotou uma flor e
cada flor uma essência diferente
todas com o mesmo encanto,
o mesmo AMOR.
Pensando bem... pensando agora.
-Qual foi a minha sorte? Eu sei!
Minha sorte foi colher amigos como vocês
Transformando-me em AMOR!

Inserida por fatimamerigue