Ludwig Plateau: Como é difícil romper um...

Como é difícil romper um relacionamento!
Aquela pessoa que você amava mais que a si próprio, aquela pessoa que costumávamos colocar em um pedestal, e que dizia que nos amava também, nos deixou!
Simples assim, sem mais nem menos. Para você, claro, por que ela deve ter tido os seus motivos, que por sua vez ja lhe foram passados, mas você, orgulhoso (a) não quis aceitar que tal motivo, fizesse seu mundo cair. Só pelo fato dela ter um motivo, por mais banal que seja, ja basta, afinal, ninguém é obrigado a amar ninguém, e se obrigado fosse,tão pouco consegueria.
Tudo aquilo que você planejou com aquela pessoa, os sonhos, viagens de verão ou inverno, tudo, tudo, se vai por água abaixo. Também aquilo que você teve q engolir só para agradá-la, como ver um jogo de futebol, comer salada, caminhadas intermináveis no shopping, etc. de nada adiantou. Que tristeza!
O dia seguinte então?!
É daqueles que a gente não precisaria e nem queria ter acordado.Como pode uma pessoa só, trazer tantos transtornos em todos os aspectos da nossa vida?
Parece que nada que seja feito nos ajude nessa hora.O universo parece conspirar para que você não a(o) esqueça! Os pássaros cantam musicas que voces escutavam juntos, as nuvens escrevem o nome da pessoa no céu, caem mais estrelas cadentes q a nasa pode contar, só pra você fazer pedidos de volta com seu verdadeiro amor! Que vida cruel!E agora?!
Besteira. O mundo não para voce se lamentar.
A verdade é triste e dói, mas é a verdade!E você terá que aprender a conviver com ela!
Mas, o que fazer pra conviver e sobreviver a essa parte tão dificil da vida de nós, reles mortais?
Comece acordando mais cedo que o habitual!
Ao invés de café, experimente um suco de laranja. Ao invés de ver tele-jornais de manhã cedo, coloque aquele cd que você tanto gosta. Os tele-jornais são deprimentes por natureza!
Acordou muito cedo, e agora nao tem mais o q fazer além de lembrar da pessoa?Aproveite esse tempo de sobra e vá ao parque dar uma corrida.
Transforme isso em um hábito.
Caso fume,largue o cigarro! Eu sei, o momento é propício para aumentar consideravelmente o número de cigarros fumados ao dia. Mas tente! Surpreenda-se!Cada dia um pouco mais.
Termine aquele livro pela metade!
Pule de Bungee Jump. Sinta medo e vença esse medo.
Tome uma dose de adrenalina duas a três vezes por dia e no mínimo mais 1 de endorfina!Vicie-se nisso!
Faça aquela janta e convide seus melhores amigos, assistam um filme, conversem, deem risadas!Exagere nisso.
Tome um calice de vinho por dia, nao se esqueça, vinho faz bem ao coração.Mas não exagere.Pelo menos não todos os dias.
Viage, vá ver o mar!
Compre uns ingressos pro teatro,vá assistir àquela peça chata que só você gosta.
Abuse das coisas que você sempre quis abusar!
Se permita!
Faça tudo aquilo que você sempre quis mas não pôde, por que estava ocupado(a) demais, acariciando o ego de alguém ou até mesmo o seu próprio.
Vá de encontro com as suas verdades. Dói cutucar as feridas, ninguém aqui disse o contrário!
O processo de esquecimento É dolorido e não tem prazo de validade, a menos que você, que é o único que tem poderes para isso, o estipule.
Além de ver com os próprios olhos que esse processo não mata, você vai aprender a respeitar a si mesmo(a), a gostar mais da sua própria compania.Você vai dizer nao para algo que nao te faz bem, não por causa do orgulho e sim por causa do bem maior, que é a sua vida.O simples fato de existir já é uma grande motivação! Viva!
Você vai ver que além de esquecer sim da outra pessoa e não morrer por causa disso, você vai aprender a gostar mais ainda de quem nunca te deixará: o amor própio.

Ludwig Plateau

Inserida por JPezzi