Isadora Cristina Jacob Moreira: Sempre volto...Se Sempre volto àquela...

Sempre volto...Se









Sempre volto àquela praia,
onde nós nos conhecemos.
Busco na areia teus passos,
Desfeitos à tantos anos...


Lembrança é tudo que temos,
Daqueles tempos de outrora .
Foram tantos os outonos...
Desfizeram -se em sonhos,
os laços que nos uniram,
e o tempo em que convivemos...


Dissolveram-se no mar ,
o som de nossas vozes.
Tento reencontrar
o nossos riso fácil .
As nossas auras puras ...
tento retê-las,
saciadas de amor, e de alegria
capazes de tudo transformar,
mas , já não posso vê-las ...
Me deparo
com a amplidão azul do céu,
unida a amplidão azul do mar...
Tão longe , tão distantes !
Lá na linha do horizonte
mar e céu se encontram ,
se fazem um ...
Ensinam o que é amar...


Na praia , estou eu ,
tão só ,tão pequenina ...
me faço de menina ,
e pelo sonho me deixo levar...


Faço da realidade uma quimera,
Ainda é tempo de amar
me sento na areia ,
deixo o tempo passar...

Inserida por yzaddora