Fabian Mendes: Durante a noite, no deserto, as vidas...

Durante a noite, no deserto, as vidas surgem para alimentar-se e para renovar a aridez das terras. No silêncio, lagartos, escorpiões, raposas, cobras e corujas, surgem como mágica. Parece emergir da areia, das frestas e dos rochedos dando vida à nova terra ou dando vida nova à terra. No sol escaldante do dia, só as criaturas do dia aparecem e sobrevivem ao dia. É muito difícil o encontro das criaturas do dia com as da noite. As criaturas do dia não possuem olhos regulados para ver nas trevas e as criaturas da noite não possuem olhos regulados para ver na luz. Apesar da dificuldade do encontro das criaturas do dia com as da noite, uma para sobreviver, depende da outra.

Inserida por fabianmendes