Keidy Lee Jones: Século XXV (leia em:...

Século XXV

(leia em: keidylee.blogspot.com)

Deve ser essa a diferença
A tal diferença que a tanto falo:

O que me torna diferente
Da maioria dos humanos
É que eles quando estão apaixonados
Perdem o sentido das coisas,
Eu não!

Não vou dizer que sempre fui assim,
Que nunca fiquei boba,
Eu fico boba sim!
Afinal, essa é a graça do amor:
Deixar-te feliz.

Mas os humanos,
Oh humanos!
Custam a entender
Que por mais forte que seja o sentir
Devem reconhecer os defeitos e fraquezas e,
Não só as virtudes.

Inserida por lee