Wanda Ayala: Sonhar com a felicidade Todos nós...

Sonhar com a felicidade

Todos nós almejamos a felicidade
Desde o momento que tomamos consciência de nosso ser no universo
Mas quando ela bate a nossa porta estamos prontos para deixa-la entrar?
Sabemos administrar cada segundo, cada minuto como se fosse o último e deixa-la desatar nós, velhos paradigmas que a sociedade com o passar dos anos incute em nosso ser?
As pessoas falam, discutem esse assunto mais acabam por fazer aquilo que é o mais certinho, que não trará problemas, nem lutas ou conflitos.
E a vida acaba por passar ao lado sem terem sido felizes.
Pois suas metas foram sufocadas por esses velhos padrões.
E o que mais vê-se por ai …
Pessoas roubando minutos de sua própria vida, escondendo-se como ladrões na noite, ou pior que isso….
Acomodação total, duas vidas em uma.
Frustradas, infelizes por não poderem serem donas de suas vidas!
Em quase todos os segmentos da sociedade é assim.
Escolhemos muitas vezes no ímpeto do momento coisas que durante a vida inteira nos será um fardo pesado para carregar, tudo para que alguém seja feliz no nosso lugar.
Os pais enquanto crescemos, os cônjuges, os filhos enquanto os criamos.
Tanto profissionalmente quanto na vida privada seguem-se os mesmos moldes,

Mas tudo isso é passageiro, nada na realidade nos pertence.
Cada um é responsável por sua felicidade.
Nossos pais também fizeram suas escolhas, nossos pares também talvez estejam tão sufocados com essa mesma questão mas por uma ordem uniforme da sociedade mantém o mesmo comportamento.
Acomodam-se em relações fracassadas, que já não há nada mais que o conforto material, ou o pensar no que os outros iriam pensar se as regras fossem quebradas.
Infelicidade pura comandando a nossa sociedade.
Já olhou para a sua vida e sentiu-se completamente feliz com ela?
A idade vem, os anos passam, e onde foram parar os sonhos de felicidade?
Os planos de alcançar o troféu de êxito em tudo?
No trabalho, na vida em família, no contacto com as pessoas que cruzam nosso caminho?
Vamos olhar mais para dentro de nós mesmos e deixar fluir aquilo que mais desejamos e para qual fomos todos criados.
O equilíbrio, a alegria, a paz interior, a busca sempre do melhor para o melhor.
A sabedoria de fazer mudar aquilo que nos desagrada.
Sem subterfúgios, sem culpas, nem desatinos.
Para isso que estamos aqui.
Se cada um seguir o que vai no coração e transformar aquilo que desagrada em experiências de vida o mundo com certeza será um lugar de felicidade plena.

Inserida por PeroldaCoroa