Angélica T. Almstadter: Eternamente Feche as portas atrás de...

Eternamente

Feche as portas atrás de nós
Fiquemos a sós
Quero ouvir só a tua voz
Deixar meu olhar
Te falar
Te escutar

Hoje acordei saudosa
Amorosa
Cheia de prosa
Quero chover poesias
Verter alegrias

Quero choro de contentamento
Amor todo o tempo
Derramar meu prazer
Só a ti pertencer
Como se fosse a vez primeira
E a derradeira

Desatar meus medos
Entregar meus segredos
Me encara de frente
Aceita essa carente
Com jeito de adolescente
Inconseqüente

Me dá colo e abrigo
Cola no meu umbigo
Deixa minh´alma serena
De ti... plena

Quero romper a madrugada
Renovada
Refeita e satisfeita
Não fique só na promessa
Me tome sem pressa
Fecha essa porta prá sempre
E me ame eternamente...

Inserida por lulepop