Carolzita: Vejo te ao longe devaneios e delírios...

Vejo te ao longe
devaneios e delírios
num surpreender contraditório
a certeza incerta
na profundeza da superficialidade
sem caracter, desprovida de valores
na presença ausente, assim encontro me
encurralada por muros ilusórios
destino ao vento
mas subtamente ávida
a maravilhar o nebuloso
tempo da despedida
espantada por tamanho
silêncio em meio a vozes caladas
ou murmurantes
louca, em meras palavras
alienação mental com
modificação profunda da personalidade
que personalidade???
entre ir e vir
extravagante nas abordagem
entregas sublimes, depois
silêncio,
uma atitude de taciturnidade
nem explicações...
mas não quero explicações
factos e actos
eram necessários
uma palavra
um sim ou um não
pois o talvez é mero acaso
apesar de estar em meio a multidão
encontro me em lugar ermo...
angústia, aflição
sentimentos a borbulhar
sou sol e tu és a lua
um encontro impossível
na possibilidade de querer...
pois atitude não depende de um lado
mas do todo, acção mútua...
Carolzita
Publicado no Recanto das Letras em 17/05/2007
Código do texto: T490072

Inserida por Caroline.ps