Marcos: Às vezes. Às vezes é preciso:...

Às vezes.

Às vezes é preciso:
Destravar as portas,
Abrir todas as janelas
Deixar o vento entrar
e desatar os cintos da insegurança
Às vezes é preciso:
Decolar num papagaio de papel
Assistir a terra de luneta
Comer pipoca sentado na lua
Escorregar pelas pontas das estrelas
Dançar no ventre dos planetas
Sonhar em outras galáxias
e dar muitas risadas
com os desenhos formados pelas nuvens as vezes,
é preciso: Ficar só...
Com caneta, papel e lápis de cor
Anotar os erros cometidos
e os sucessos obtidos
Ás vezes, também é preciso:
Colorir o coração
Colocar mais alegria no viver
e encantar com o brilho da natureza
e não se esquecer dos sonhos...
Sempre é preciso:
Viver com felicidade
e muita paz no coração!

Inserida por marcosaires