Fernanda viana: Não é que a lamentação só vem...

Não é que a lamentação só vem depois do amor, é que antes não sobrava tempo para lamentar, mesmo com a falta de apetite, a barriga apenas sentia um frio, que alimentava e que a enganava.

Inserida por Paulo-Santana