Nil: No infinito de teus olhos.... Quero...

No infinito de teus olhos....


Quero esquecer o infinito dos teus olhos
E viver o mundo que persegue os meus sentidos,
Quero desmerecer o sofrimento que é frio e imenso.

Quero lembrar-me do horizonte que existe nos sonhos velhos
E
No tempo presente,
Onde,
Menos que o desejo, é o querer que persiste,
Num sentimento irreverente!

Hoje, que me procure quem eu quero,
Pois mesmo sozinha, vou irromper num sorriso
E mesmo no improviso
Sentir olhos sinceros que fingem me querer!

E, num suspiro profundo,
Com restos de sofrer,
Me despir de um sonho sincero!!

Inserida por Nil12