Oswaldo Grimaldi: SE AMANHÃ Se amanhã o sol não...

SE AMANHÃ

Se amanhã o sol não voltasse a brilhar
e as praias não pudesse mais se banhar
A noite talvez não chegasse à tardezinha
E assim meu dia terminaria

Talvez o brilho daquela lua
Eu não pudesse mais enxergar
Não adianta mais para o céu
Porque as estrelas não vão mais brilhar

Sem sol e nem lua
A vida perdeu o sentido
O homem virou velho
Por sempre ter mentido

A cidade escureceu
E para as crianças tanto faz
Mas os jovens não aceitam o que estão vendo
Estar num mundo que não se tem mais paz.

Tivemos tudo que era perfeito
Mas o homem terminou com o mundo mais cedo
E assim a minha vida começou a terminar
Não tinha mais paz, amor ou respeito

E comecei a cultivar as sementes novamente
Aprendendo que amar é o sentimento verdadeiro
O homem esqueceu de tudo isso
Por causa de algo chamado dinheiro

Quem sabe amanhã o sol nasça novamente
Com o brilho forte de um astro rei
Talvez amanhã eu acorde
Do lado de quem eu quero bem

Inserida por oswaldogrimaldi