Ana Carvalho: vento sacode lento a rede vazia. vitrais...

vento sacode lento a rede vazia.
vitrais refletem sol
no corpo da menina
debruçada na varanda
varanda do céu
menina do mundo

a pressa não passa
quando cabelo balança
sem querer o céu.
nem nada

vento sacode a saia
embaraça os cabelos
leva embora o inverno
e o girassol.

Pra sempre vai ventar
e tudo voar.
e voar.
e voltar.

talvez ela espere.
a marujada passar
com cantigas de ninar
com a flor seca entre os dedos.
espere.

.

Inserida por anita