Germana Facundo: Penso além do que posso e me entrego...

Penso além do que posso e me entrego às dúvidas
Penso olhando para o nada
E até em meio ao trabalho, eu penso.
Eu penso em mim.
Eu penso em você.
Eu penso em nós.
Penso em você de novo.
Sinto medo...
Meu coração começa a chorar,
Minha cabeça começa a doer
E eu não páro de olhar em volta
Tentando encontrar as respostas das minhas perguntas.
O tempo é devastador!
E tudo no meio do tempo é esquisito, eu acho.
É traição mesmo sem ser.
É rompimento, é quebra, é também decepção.
Mas, não pretendo parar no tempo,
Por isso sou resistente as coisas do mundo.
Tenho minhas próprias teorias
E hoje tenho novas perspectivas.
Onde foi que eu deixei um pedaço de mim?
Ando e me contenho para não correr,
Pois não sei andar devagar.
Emudeço ao querer falar para não pecar,
Pois falo muito.
Onde está a resposta do meu olhar?
Mesmo cansada, continuo a andar.
Sei que mesmo em pedaços eu ainda devo continuar.
Porque eu consigo, Deus me sustenta sempre.
A vida tem muito para me dar,
Deus tem muito para derramar sobre mim, eu sei.
E nEle eu acredito, só nEle!
Mesmo que você não queira mais me acompanhar...

Inserida por Anamreg