Monique Frebell: PERDOE-ME Perdoe-me por não saber mais...

PERDOE-ME

Perdoe-me por não saber mais de ti.
Por não me abrir mais pra ti.
Perdoe-me pelas lágrimas que caíram.
Pelas palavras que feriram.

Perdoe-me pelas noites perdidas.
Pelas metas falidas.
Perdoe-me pela minha indecisão.
Perdoe o meu jovem coração.

Que disposto a amar,
se entregou a uma paixão.
Mas depois percebeu,
que era só ilusão.

Perdoe-me pelas portas fechadas.
Pelas caras amarradas.
Pelas mãos atadas.
Pelos rios de lágrimas.

Perdoe-me por não saber te ouvir.
Por não saber falar.
Por não saber sentir.
Por não saber amar.

Encarecidamente, eu lhe peço perdão.
Perdoe o meu jovem coração.

Perdoe-me pelos planos desfeitos.
Por meus inúmeros defeitos.
Por meus eufóricos anseios.
Por meus contínuos receios.

Perdoe a minha ausência.
A minha indecência.
A minha inconseqüência.
A minha impaciência.

Perdoe-me pela minha fraqueza.
Pela minha incerteza.
Pela minha pureza.
Pela minha frieza.

Perdoe a minha ignorância.
A minha intolerância.
A minha insignificância.
Perdoe a minha infância.

Inserida por monique.belarmino