Patricia Tieko: O que o rosto disfarça O enxergar que...

O que o rosto disfarça
O enxergar que não se vê
Escutar e não ouvir
Clamores sufocados
Um futuro incerto
pra um passado, passado
O corpo cansado, surrado
Discerne o sofrer,
pulsa pra viver
Agarra no rastro da esperança
O desmedido na dose certa
Mudança de um tempo
que a ventania leva
onde sopra o nada
Buscando o impossível
para voltar a sorrir
o sim, o não
o avesso do poder
Vejo, mais do que quero
Quero, mas não vejo.

Inserida por Patriciatieko