Andréia Cristina Guadagnin: Desejos Andréia Cristina Guadagnin...

Desejos
Andréia Cristina Guadagnin

Andei por caminhos escuros
Tentando compreender a alma
A alma que tanto sente
Temida pela dor carente
De um amor que não pode acontecer



Turbilhões de anseios e desejos
Que se perderam entre os medos
Das vontades de teu prazer
Fico assim aflita o desejando
Querendo sentir seu corpo
Entre caricias nos amando



Quem dera um dia vivenciar
Tais loucuras que me atormentam
Quem dera satisfazer meu corpo
Com as vontades que se espalha
Pela exaltação que pede calma



Tirar os espinhos do desejo
Alimentar-se com tão sonhados beijos
Beijos seus... Beijos meus
Enfim entregando-me
De corpo e alma nos braços teus.

Inserida por Binaue