Paulo Master: CERTO O AMOR, CORAÇÃO TENDE EM ERRAR!...

CERTO O AMOR, CORAÇÃO TENDE EM ERRAR!

Estar apaixonado é ter um coração agregado ao amor.
Não precisa estar vivo pra se morrer de paixão, somente um coração pulsando em direção a um outro amor.
Quisera esse outro amor ter um sentimento voltado á um certo coração.
O Amor vê tudo de lado, como se dicesse,"não é comigo isso".
Tudo bem existe uma certa razão aí, o amor nem sempre é culpado por tudo que acontece nas relações amorosas.
Ele simplesmente é manipulado, e recebe a culpa pelos tropeços do coração, tadinho do amor.
Sim, esta certo o amor, o coração que tende em errar, mas...
onde reside o amor?
Se não no coração!! Dessa forma quem manipula quem??
Existe alguém com tamanha capacidade pra explicar isso ...o inesplicável! capacitado em ver um sentimento além? ou o amor se resguarda de tal sentimento á ponto de esconder seu maior trunfo!
Seria o amor capaz de deixar os enamorados embriagados por sua influencia. ou eles simplesmente se deixam levar pelo que o amor os propõe.
A questão é...como é complicada essa coisa de amar.
Ninguém se assume, parece que ser culpado é crime, e crime tem um castigo tremendo.
No amor o único e pior castigo é ficar sem a pessoa amada, melhor seria morrer.
Mas pra morrer teria que ter um coração, e nele residindo o amor que se desdobra em fugir dos seus melhores momentos.
Os momentos de sua paixão, que lhe é jogado, e o assusta, por isso ele foge ou simplesmente diz, "não é comigo isso!"
Sim, com certeza pode ter sua razão se pensar-mos que o amor não é cupado do que ele não fez, no momento em que tirou a culpa de sí.
Em um raciocínio mais óbvio, os dois são cúmplices porque praticamente moram juntos, e devem saber seus maiores segredos.
se bem que o amor jamais revelaria o que sente á um ser tão próximo, dessa forma o coração se revelaria um traiçoeiro das paixões, e o amor a grande vítima outra vez.
o coração tende em errar!
Influenciado ou não mas essa não é a questão, ja que se tratando de castigo ele seria um louco de arriscar perder quem ama.
Por outro lado o amor não seria capaz de levar o coração que é sua casa á cometer erros tão grotescos, e arriscar ficar sofrendo, e consequentemente abalaria as estruturas de sua moradia.
O amor não é burro, sabe que tem que ser sorrateiro com o coração, e levar as coisas no melhor relacionamento possível.
Se o coração erra e não se conserta, tem o amor para refazer suas estruturas abaladas voltarem ao seu lugar de origem, e o coração ser capaz de amar novamente.
Que sentimento complicado esse tal de amor, que deixa tudo de ponta cabeça, depois vem arrumando tudo denovo com a maior normalidade, como se não fosse com ele, Certo o Amor, Coração tende em errar.

Inserida por Paulo-Santana