Max frança da paz: DELIRIOS DE UM INOCENTE. Delirios de um...

DELIRIOS DE UM INOCENTE.

Delirios de um inocente
Felizes são os realistas
Sempre tão pessimistas
Na vida decadente.

Essa é a vida de quem ama
Pois amar é dor
É viver sem cor
Principalmente quando não se tem quem se ama.

A vida é feita desses delirios
Que nos mata aos poucos
Como belos tolos
Que acreditam que o amor é belo como os lirios.

Sentimentos nocivos de um ser
Um idiota incompreendido
Que vivi perdido
Em suas inconstantes dores.

Mas ninguem sabe de seus sentimentos
Ninguem liga pra suas lagrimas
A felicidade é dos realistas
Que simplismente vivem sem amar, e sem sofrimentos.

A vida é feita desses delirios
Que nos mata aos poucos
Como belos tolos
Que acreditam que o amor é belo como os lirios.

Inserida por maxfiregeneration