Desconhecido: Se, Um dia, Extasiado pelo tédio; Eu te...

Se,
Um dia,
Extasiado pelo tédio;
Eu te pedir o sol
como remédio a minha inquietação.
Não me olhes como se fosse uma criança
E não me digas que não.

Se,
Em noites de platina,
Eu te padir a lua
que ilumina lá do céu a nossa rua,
extasiada, boquiaberta as suas mãos
nas minhas aperta,
E promete-me a lua.

E,
Se ainda.
No horizonte,
O seu olhar passar de monte em monte
e apetecer o mar,
Tú que podes, vês e sabes tudo
abrindo suas assas de veludo
fingues que o vais buscar.
A FELICIDADE.

Inserida por jocieladriano