Márcia Magalhães: Desilusão Apesar da ausência em noite...

Desilusão

Apesar da ausência em noite de luar
e do acalento da brisa que vem do norte
minha espera não é vã de seus caprichos.

Por amor ao que foi dito esqueço o pranto
Tu voltaste a mim e não me espanto
Apesar da espera e do castigo
Tu me surpreendes quando diz meu nome

Meus olhos ainda te aguardam
A chegar em passos firmes
E tocar-me num longo e demorado abraço.

Vejo um bosque de Ypês floridos
Na companhia de um beija-flor
Porque a ausência é dor doída
Mas a saudade supera a dor...

Inserida por CarolzinhaH.