Augusta Schimidt: Ei você! Está assim triste por quê?...

Ei você!
Está assim triste por quê?
Não se dê por vencido
Seu mundo já é conhecido
E seu ponto de partida, o coração
Já deu norte à sua emoção

Escuta!
Suas lágrimas por vezes um tanto doce
Por outras com gosto de fel
É a reviravolta da chuva
Caindo em forma de bênçãos
Vinda somente do céu

Num momento impróprio
Toma de surpresa a tristeza
Que chega como um aviso qualquer
Mas pode também chegar a alegria
Trazendo no agora a esperança
De um novo acontecer.

Inserida por Olimpya