Fábio Guadalupe: Poema Meritocrático para um naco de...

Poema Meritocrático para um naco de Carne

Uma boi moído
Sempre será um boi moído
Não importa o que faça
Sempre será um boi moído
Mesmo que brinque e se fantasie de Alcatra
No final do dia quando se olhar no espelho
Ele verá apenas um boi moído.

1 compartilhamento
Inserida por otiagom