Odair Godinho S. Rodrigues: Você me deu a vida, e tenho uma dívida...

Você me deu a vida, e tenho uma dívida para pagar, talvez não pagarei com a mesma moeda, mas sim com a semente que comigo veio.
Esta semente brotou com a germinação de sua felicidade e está crescendo como uma bela árvore frutífera. Esta ávore, jamais darei a alguém, pois com ela estou pagando minha dívida.
As raízes estão penetradas no corpo, o caule é o sólido prazer da mente e os frutos que nela crescem, nascem do humilde coração.
E como semente, o amor viverá eternamente... as saudades ficarão, os corpos serão esquecidos e finalmente nossas almas se encontrarão no imenso e lindo jardim...
o jardim da paz.

Inserida por panthana