Flávio Samadhi: Poesia maldita e ao mesmo tempo bendita...

Poesia maldita e ao mesmo tempo bendita
Que dita em narrativa nossas realidades criadas
Batizada em águas de nossas nascentes
e ao mesmo tempo edificada sobre o nada
Por que a cada verso do real apresenta-se tão inverso?

Inserida por phllawyo