Thiago Santin e Daniele Miranda: Algo está diferente Como você e eu...

Algo está diferente
Como você e eu
Algo difícil de acontecer aconteceu
O sol encontrou a chuva
E no meio estava você
Milagre da estação
O verde dança

Uma nuvem discreta tenta atrapalhar
O Espetáculo
Mas é tão lindo, tão sábado.
Se não for a negra nuvem
Será a negra noite
Talvez um luar pálido.

No terraço parecem ser mais flores
São águas, se derramam em corpo todo.
Inveja dos amantes
E seus amores se deleitam com seus beijos e carícias

Ó tarde-chuva-sol
Em meio a sangue e renovação
Beleza é ver pela janela
Vontade de ir lá pra fora sentir a sensação

Mãe das águas cobre os filhos
Filhos rebeldes e sadios
Subir em árvore, beijar o sol
Sua luz eternizar
O que pra sempre será o Espetáculo

Mãe das águas cobre os filhos
Filhos rebeldes e sadios
Subir em árvore, beijar o sol
Sua luz eternizar
O que pra sempre será

O Espetáculo
Mas é tão lindo, tão sábado.
Se não for a negra nuvem
Será a negra noite
Talvez um luar pálido.

Inserida por thiagosantin