Renunes: o branco e rosa que vem de ti as vezes...

o branco e rosa que vem de ti
as vezes triste
algumas vezes alegre
ele soa como a mais linda melodia que meu ouvidos não cansam de ouvir
ele vem doce
com aroma de melancia
faz minha boca cheia de sede
as vezes envergonhado, chega de mansinho na escuridão do quarto do meio
só dá ele na imensaidão da minha alma
dizes que não falo
mas te demonstro assim
entrelaçando as letras
arrematando nosso amor sem fim
minha pequena gigante do sorriso mais profundo
da alma mais lavada
do olhar mais intenso
e da boca mais amada
o branco e rosa que vem de ti

Inserida por renunes