José Roberto: Nascer é um ato engraçado, esquisito...

Nascer é um ato engraçado, esquisito
Morrer é o inadiável epílogo
Viver exige muita covardia!!

Inserida por Rober