F.U. Grimaldo: "Garimpo palavras aqui dentro para...

"Garimpo palavras aqui dentro para me fazer expressar e em algum lugar da consciência, encharcada de vontades, eu seleciono o que falar e não peneiro meu ouvir. Não quero que o medo respingue entre nós e apague a nova brasa desse incenso. Quero mais cheiro, quero calor, quero incêndio! Quero, por pouco, pouco mais do que queria querer. E isso não é capricho, é verdade pra se saber.
Pode até ser conseqüência da saudade, mas é verdade e é honesto.
É uma possibilidade da minha existência, como quem enterra o pé na areia e vai sentindo a dormência que o calor do sol intenso causa na pele disposta a arder.
É como água a quem tem sede
Como quem se rende vendo olhos verdes."

Inserida por alexpagli