Dio: Um anjo em minha vida Noite escura, alma...

Um anjo em minha vida

Noite escura, alma oprimida,
Sombrios pensamentos que me paralisam,
Névoas de incertezas, de cogitos,
Penumbra dos sentimentos ocultos,
Ninguém vê, ninguém sabe,
Ninguém se importa.
Gritos de dor,
Gritos que somente o coração ouve,
Corre alma vazia,
Se deslize pelos lugares escorregadios,
Procure guarida, ache repouso,
Mas não há refrigério,
Resto de esperança, lançados no mar.
Pra onde ir?
Que rumo tomar?
Questiona minha alma sem sossego;
Somente há um lugar, um oásis em tão grande caos,
Uma alma gentil, anjo disfarçado de gente,
Gente próximo do divino,
Coração dócil, alma quente,
Palavras mágicas,
Silêncio que tanto me fala,
Abraço sublime,
Menina, mulher, anjo,
Que ilumina a noite escura,
Desta alma cativa.

Inserida por doksadio