Lenise Resende: "Dentro de mim há um monstro, mas,...

"Dentro de mim há um monstro,
mas, nem sempre eu demonstro,
que sei de sua existência
e que seu nome é carência.
Exigente e persistente,
quando deseja atenção,
ele cresce na proporção,
do vazio do meu coração.
Teimoso como criança,
ele vive com esperança,
que alguém tenha lembrança,
de adotá-lo sem cobrança!"
(Lenise Resende)

Inserida por Van.Nessinha