Mário Joaquim Batista: NATAL, nascer e receber Não basta Jesus...

NATAL, nascer e receber

Não basta Jesus nascer, é preciso recebê-lo!
Deus se fez carne e armou sua tenda entre nós, mas muitos não O receberam em seu coração. (João 1,1ss)
Receber alguém já é complexo. Receber e aceitá-lo como Senhor absoluto de sua vida é tão significativo e profundo: que muitos dizem SIM, sem se quer abrir os olhos e a mente para compreender a dimensão e conseqüência desse SIM. Por isso é que Jesus disse: “muitos são aqueles que dizem – senhor, senhor – mas Eu não os conheço, pois louvam com os lábios e amaldiçoam com o coração”.
Quem dá, a si mesmo, liberdade para analisar as próprias estruturas e princípios de vida, abre espaço para acolher o Deus que quer nascer.
Quem reduz em sua mente a energia dedicada a problemas, cria um lugarzinho em seu íntimo para a Luz Divina gerar um novo Ser.
Celebra o Natal do Senhor, Nosso Salvador, quem abre uma lacuna em seu tempo, em suas convicções, em seu orgulho, em seu agir e em seu sentir para o desabrochar de um novo Ser. Um ser iluminado e guiado pelo Criador. Assim seremos capazes de deixar qualquer coisa ou fazer qualquer coisa, simplesmente, por causa de Jesus Cristo que nasceu em nós. Isso é aceitar Jesus.
Um bom maratonista alimenta-se bem.
Receber o Senhor é uma jornada complexa e contínua, então inicie alimentando-se bem:
Com que você alimenta a sua mente e seu coração?
A proporção e qualidade de energia que utilizamos com pessoas, coisas, situações (...) definem o nosso crescimento ou desgaste.
Que a partir desse Natal você cative com maior intensidade os sentimentos positivos, as experiências construtivas, as idéias férteis, os relacionamentos agradáveis e também reduza as situações e sentimentos de desgaste, pois Deus o ama e quer terra boa em seu coração para germinar o amor incondicional.
Você é importante para Deus!

FELIZ NATAL! E PRÓSPERO 2007.

Mário Joaquim Batista

Inserida por Batistamj