Rosane Silveira: Dor da Alma A dor na alma é uma dor...

Dor da Alma


A dor na alma é uma dor tão doída
Que só quem sentiu sabe que
Dor da alma não tem remédio
A não ser o tempo
Dor da alma não tem colo de mãe
Que de jeito
Dor da alma
Dói pura e simplesmente e é
Uma dor lenta,
Aguda e absurda
Que vai nos corroendo
E nos deixando em pedaços
E nos atira no chão de nós mesmos
Dor da alma
É uma dor que deixa
Um nó na garganta
Que só desata quando
A dor vem pros olhos e
Se transforma em lágrimas
A dor escorre lentamente por nossa face
Mas a alma continua machucada
E sentimos que a lavagem da alma foi apenas
Aparente.
Dor da alma é dor
Que, quando se sente, na verdade nunca passa.
É dor e pronto.

Inserida por CarlaQuesada