Eduardo Aquino: O amor, por ser transcendente, não é...

O amor, por ser transcendente, não é passível de uma definição, não há palavras, expressões que possam qualificá-lo, mas vale uma comparação: amor é como a fé, não há necessidade de explicá-la, apenas sentimos a paz de espírito, a serenidade e a alegria em nossos corações e mentes!"

Inserida por fabriciacabral