Camila Silva: Tormento Na minha cabeça há grande...

Tormento

Na minha cabeça há grande confusão.
Não sei mais o que fazer.
Estou desarmada.

No coração o amor é sufocado pelo ódio.
Na alma o sorriso é substituído pela ferida.
Estou na escuridão.

Um momento feliz e uma eternidade de tristeza.
A vida já não vale mais nada.
A morte seria a melhor solução.

Tudo é melhor que esse tormento.
Tudo é melhor que essa dor,
Que me coroe, que me destrói.

Sou um nada, indigno de piedade,
Sou um lixo, objeto descartável,
que todos usam e jogam fora.
Necessito de carinho, mas não o mereço.

Talvez, o que eu estou vivendo,
Seja um castigo de nunca ter olhado pra mim,
De sempre querer fazer o melhor e nunca conseguir.

Tentando acertar, muitas vezes errei.
Tentando ser eu, muito me magoei.
Usando máscaras, muitos feri.

A vontade é de tudo para o alto jogar.
Esquecer tudo e deixar o passado para trás,
Mas não tenho forças para isso.

No interior: O sorriso de menina,
A pureza da criança,
O sonho de princesa,
A fragilidade da flor,
A ingenuidade do verdadeiro amor.

No exterior: A magoa que me destroe,
A impureza do lixo,
A força do ódio,
E a cautela de um coração traído.

Tudo isso é um tormento.
Não sei mais o que sou.
Não entendo mais o que quero.

Não me arrependo de nada do que fiz.
Não quero desistir,
Mas lutar está me destruindo.

Preciso de uma luz,
Estou num buraco sem volta,
Perdida no meio da estrada tenebrosa.
Vivendo num vale de lágrimas,
Onde a única visão que tenho ´
É de dúvidas e destruição.

Hoje, me entrego de corpo e alma ao destino.
Em tuas mãos, coloco o meu coração,
E que se cumpra em mim a vontade de Deus.[Amém!]

Inserida por camilinhasorriso