Gaston Miron: Ninguém aqui morre só a sua morte; /...

Ninguém aqui morre só a sua morte; / é um pouco de nós todos que se vai / e naquele que nasce há um pouco de todos nós / que se torna outro.

Inserida por agf