Feliz Aniversário para Mim Mesma

Cerca de 223 frases e pensamentos: Feliz Aniversário para Mim Mesma

Toda vez que escrever seu nome vai lembrar de mim
Toda vez que comemorar seu aniversário vai lembrar de mim
Quanto mais me ignora mais vai lembrar de mim

Priscyla Jane F. de Souza

Hoje faço aniversário e isto é motivo de muita alegria para mim e quero dividir com vocês.
65 anos que considero bem vividos, na medida do possível...stic...
Colocando numa balança todos os momentos pelos quais passei, tenho certeza que as alegrias superaram com vantagem aos demais.
Tenho que agradecer pela oportunidade de fazer aniversário, pois graças a ele, cada dia posso compartilhar momentos com as pessoas que mais gosto, posso desfrutar dos prazeres da vida, desenhar sorrisos e contribuir, mesmo com pequena parcela, por um mundo melhor…
Mas de uma coisa fiquem certos, depois que tive a companhia de vocês através da telinha, podendo rir, chorar e expressar meus sentimentos, meus dias ficaram mais alegres. Tornei-me uma pessoa melhor, aprendi muito e agradeço a Deus por isso e por todos os momentos agradáveis que compartilhamos, como se a presença de vocês fosse real.
E com toda certeza e carinho, hoje posso dizer que, sem vocês eu não seria tão feliz!

melanialudwig

Hoje 03/12/2015 É mais que um dia comum pra mim.
É um momento mágico,especial de renovação para alma e o espírito;porque Deus, na sua infinita bondade e sabedoria, deu à natureza, a capacidade de desabrochar a cada nova estação.E a nós humanos a capacidade de recomeçar a cada novo ano.muitas velas simbólicas para mim neste lindo e abençoado dia;Não pelo prazer de às vê-las queimar e sim pelo o fato de simbolizar à Luz...

Francisco Ferreira Dos Reis

E o que o ser humano mais aspira é tornar-se ser humano

Hoje começa para mim, um ano novo, engraçada essa sensação que nos causa as datas, os marcos, são pontos e virgulas que nós refazem as forças.
São inúmeros os erros cometidos nesse frenesi de tentar acertar, mas cada erro nos traz uma lição valiosa, cada tombo traz consigo o levantar, cada despedida traz a saudade que nos motiva a continuar em nome do reencontro.
Tantas coisas mudam e acontecem em um ano, que chega ser assustador, quantas pessoas chegaram, e quantas partiram.
Já não sou mais mesma de ontem, mesmo o ontem estando a mesma distancia do amanhã; Pois cada um que chegou, me entregou um pedaço de si mesmo, e cada um que partiu levou um pedaço de mim.
Sou as músicas, que ouvi, os livros que li, as viagens que fiz, os segredos que guardei e os que os outros guardaram de mim, sou a lagrima que não caiu, sou o sorriso, sou a consequência;
E assim como eu, o mundo encontra-se em constate metamorfose, e mesmo aqueles que chegaram, e escolheram fazer ninho ao invés de voar, ainda esses já não são mais os mesmo, e a cada mudança me dão uma parte de si, sou o passado de todos que ficaram, de todos que partiram, sou presente de todos que ficaram. Como uma colcha de retalhos, e cada pedaço de mim tem uma historia para contar.
Sim estou em pedaços, pois já não sou somente eu a viver em mim, sou a somatória das minhas historias, das minhas escolhas, sou eu e minhas circunstancias, sou eu e oque fiz da dor, sou eu e o que fiz do amor, e dos amores, somos nós assim qual como retalhos, a meta para esse “ano novo” é ter coragem para rasgar todos os pedaços que me fazem mal, e coragem para no caminhar costurando bons retalhos em mim, mas sobretudo e peço a Deus que me ajude, a meta é ter sabedoria para distinguir a diferença entre os que devem ser rasgados e os que devem ser costurados, reside ai a chave da colcha que serei daqui um ano.
Aprendi muito,
Já sei que não devo ter medo, pois costurar, irá doer tanto quanto rasgar;
Já sei que tenho várias respostas hoje sem falsa modéstia; mas com humildade sei também que amanhã a vida virá e mudará todas as perguntas;
Já sei que nada além da minha alma, é eterno, e que tudo que representa para mim hoje o infinito, vai acabar, vai mudar de lugar, vai deixar de ser, vai partir;
Já sei que a inércia é uma ilusão dolorida, ela não existe, a vida movimenta-se e nos move, mesmo quando cada fibra do nosso ser quer ficar parada, onde está;
Por isso aproveito o momento, não sei, e não tenho controle de quantos momentos, durará esse momento que tanto afago e quero eternizar, por isso como disse o poeta que seja infinito enquanto dure;
Já sei que é um erro dizer que não deu certo, não importa o que seja, se o casamento acabou, se o emprego mudou, se amizade não faz mais sentido, deu certo sim enquanto me fez bem , e agora faz parte do que sou;
Já sei que o tempo, não tem a menor a importância, a intensidade é muito mais importante, há pedaços na minha colcha que foram costurados em um dia; e outros que levaram anos ;
Já sei que esse mesmo tempo, não cura absolutamente nada, porcaria nenhuma! A cura sou eu, e eu também sou a doença que consome e corrói, é a minha postura, minhas atitudes;
Já sei que não adianta procurar amor materno pelo mundo, o amor pleno que perdoa, que acolhe, que alimenta, que protege, se tivemos sejamos gratos, se ainda tem, puxa se ainda tem é uma pessoa de sorte, mas se não teve aceite, siga em frente, não procure o divino no mundano é perda de tempo;
Já sei que não reside pecado no erro, o erro mora no lugar onde decidimos o que fazer com ele; não é um descaminho, é parte da historia;
Já sei que a culpa não é boa conselheira, sejamos francos ninguém é só anjo, ninguém é só demônio, somos tudo, e cada um tem lado de nós, não por deliberação, mas por condições foi o melhor sim, não o nosso melhor, mas o que tínhamos naquele momento para dar;
Já sei que não adianta tentar copiar outro, viver em mim com consciência e respeito aos meus defeitos e das minhas qualidades é único jeito que tenho de existir, do contrario não seria eu ;
Já sei que os opostos podem até se atrair, mas não ficam juntos;
Já sei que palavras são as laminas do mundo subjetivo e estraçalham tanto quanto;
Já sei da importância dos silêncios, e que é inútil preencher com sons esses silêncios e com pessoas as ausências, somente assim posso me ver, me ouvir, é necessário, e não é solidão, é a presença de mim mesma em mim;
Já sei que não importa o quanto eu gaste no salão, o dia que estarei mais bela é aquele em que estou mais feliz, a beleza é energia que irradia além da matéria; de dentro pra fora;
Já sei que a tristeza duradoura, causa doenças no corpo, para as quais não existem remédio, ao menos não aqui fora, vieram de dentro e é lá e somente lá que podem ser curadas;
Já sei que algumas pessoas morrem um pouco a cada cotidiano outras morrem nas exceções, a mim cabe saber que tipo sou;
Na real, sem meias palavras, eu sei que esse ano, trará dor, mudanças, como são todos anos, sei que vou ferir muita gente, e que alguns vão me magoar, mas sei que também que viram sucessos, e vitorias e haverá muitos momentos felizes, sei que vou chegar, e que irei embora, sei que me odiaram, que lembram de mim com saudade em algum lugar, que vão me amar, sei que falta muito entre o como você me vê, e o que sou;
Mas o que importa é que entre o costurar e o rasgar, serei grata infinitamente, pois tudo isso será o que serei, e no já não ser mais o que agora sou, conquiste a verdadeira vitória, com fé e esperança, costurando e resgando, com atenção parando em pequenas frações de segundos apenas suficientes, para descansar sim, mas somente será permitindo quando souber a diferença, entre o parar por cansaço, e o parar por querer desistir.
Posso desistir de tudo, a qualquer momento, exceto de mim mesma , pois ai reside toda indecência é imoral desistir de mim.
Não tenho certeza de nada, e isso é bom a sabedoria começa com dúvida, e o não saber me permite voltar a trás, mudar de ideia, sou eu assim... um ser humano em construção!
Porque tudo que queremos nos humanos, é ser humano, e isso custa caro, leva tempo, por isso a cada 1 ano, recebemos 365 páginas em branco para escrever nossa historia.

“O home que começa, não é o mesmo termina; Pois o caminho nos transforma; E no fim é a viagem que faz o viajante.”
Lika Christina

Lika Christina

" O que falar desta pessoa tão especial pra todos que a conhece e pra mim não seria diferente. Viver ao seu lado minha PRIMA é uma dádiva e o privilegio é meu de receber seu carinho. Mesmo na distância Deus continuou nos unindo e estamos sempre presente uma com a outra. Este é um presente que Deus me deu. Seu amor, seu carinho.
E não é só amor de prima é mais que isso. É amor como da minha irmã. Ou seja amor de amiga, de companheira, de confidente e isso poucas tenho na familia ( a maioria só por burocracia mesmo kkkk) Te amo e deixo o melhor pra você em bençãos e pode acreditar. Sua vida será melhor ainda apartir deste dia porque seu nome eu deixei ao nosso Deus pra chuver sobre sua vida com chuvas de vitórias derramadas na sua casa e na sua vida. Sucesso em tudo que você fizer. Prosperidade em tudo que você tocar. Seja abençoada no nome de Jesus. VOCÉ VALE DIAMANTEEEE."

─By Coelhinha

(Abnizia) By Coelhinha

"Filho, não importa que você já cresceu e está conquistando a sua independência, para mim você será para sempre a minha criança. Hoje refletindo sobre a sua idade, fez-me cair na realidade, então percebi que de criança você só tem o coração puro e cheio de esperança."

Dilce Stédile

Bons dias

Que saudade daquele dia
Em que tudo começou
Perto de mim você se assentou
E nossa amizade ali raiou

O tempo passou tão depressa
E nós soubemos aproveitar
Mais uma amiga incrível
A vida me deu pra cuidar

Como era bom poder partilhar
Meus dias com alguém tão alegre
Que me fazia sorrir
E deixava minha vida mais leve

Por fim os bons dias acabaram
E a distância se achegou
Mas não, a nossa amizade
Ela não atrapalhou

Meses e meses se passarão
Anos também virão
Tudo poderá mudar
Mas a nossa amizade não

Sei que ganhei um presente
Minha pequena amiga
Te guardo em meu coração
E saiba que és mui querida

Desconhecido

Eu que me Assustei qdo eu vi o dia do seu aniversário que bom q encontrei uma pessoa tão legal como vc faz no msm dia que eu...fiquei feliz...somos folclorianas...adoro lendas,principalmente de contaos de fadas,parábolas,e de ter uma mágia nos olhos de ver o mundo com outros olhos...querer ajudar sem retorno..."VAlorizo meu ser não meu ter" essa é eu ...e as pessoas que nascen nesse dia tão mágico 22 numero par...pois ao contrário o primeiro 2 vira um coração...Garanto que vc tem um pouquinho dessa mágia...adorei vc logo de vista pode perguntar pro meu mano...ele te confirma...bjão enorme no seu S2 !!!!!!!!!

Mey

[...]
eu não poderia me esquecer
desta data especial,
pois fazer aniversário,
é ter a chance de estar com os amigos,
fazer cada dia se tornar único,
aprender com os erros,
superar as perdas,
vendo todo amanhecer como uma
oportunidade de começar tudo de novo.
Existem pessoas que chegam e vão embora,
e outras que vem e ficam,
que levantam nossa auto-estima,
nos mantêm alegre e otimistas
nos mostrando o melhor
que a vida pode oferecer
sempre presente,
independente do que acontecer.
Você é minha melhor amiga,
e me orgulho muito de poder dizer isto.
Parabéns minha amiga!!
E saiba que eu te amo muito!!!
Com carinho,
[...]

Beatriz e Gustavo Moga

De repente eu não lembro mais a data do seu aniversário e não insisto mais em passar o dia pensando em você. Nossos sonhos eram os mais desejados , os mesmo que hoje não ousaria arriscar em viver.
É que não vejo mais espaço em minha vida para encaixar você ,tudo que hoje sinto por mim antes achei que sentia por você . A maior lição que um ser humano pode ter eu aprendi com você, que amor não pode ser inventado ele precisa acontecer para sobreviver.
Sinta-se aliviado não irá mais me ver com olhos inchados de tanto chorar por você.
Hoje meu sorriso tem motivos melhores para acontecer por descobrir que na verdade eu nunca amei você.

Sheilla Mayara Lopes Campelo

CAP 4!
Já era sábado. Eu decidi ir no aniversário da mãe do Murilo. Admito! A curiosidade tomou conta de mim, não tinha falado com Murilo desde aquele dia e resolvi que ir seria talvez uma boa.
Comecei a me arrumar desde cedo, me maquiei, demorei um tempo para decidir o que fazer com meu cabelo mas acabei deixando-o um pouco enrolado, como se fosse natural. Demorei bastante escolhendo a roupa, mas acabei optando por usar dois tons de azul na saia e uma blusa de lã azul escura, com a bolsa azul clara e um labutam rosa. Por último coloquei um colar dourado e um óculos como o aniversario era de dia e na hora do almoço.
Já estava quase saindo de casa quando me lembrei do essencial. O perfume: Chanel. O meu preferido!
Liguei pro Murilo antes de sair de casa, ele disse que já havia bastante gente por lá e eu comuniquei que já estava indo, mas pedi que ele não avisasse a ninguém, queria fazer uma surpresa.
Peguei o carro, dei uma parada no shopping pra comprar algo pra mãe dele e acabei saindo da loja com um sapato pra mãe dele e dois pra mim. (Essa não sou eu, essa é uma versão estranha de mim. Juro que tenho aversão a shopping.)
Murilo e Marcelo estavam na porta de casa recebendo todos os convidados. Quando eu o olhei parecia a primeira vez, borboletas pulavam no meu estomago e eu agradeci por ainda estar dentro do carro naquele momento. Ele estava mais lindo do que nunca, com o cabelo quase totalmente raspado, todo moderno, era outro... (Só no exterior, claro)
Peguei o presente no banco de trás do carro e ativei o alarme. Fui andando até a porta! Ele estava me olhando fixamente.
- Murilo! Como vai? – Abracei meu melhor amigo e dei um beijinho
- Marcelo.. – O cumprimentei com dois beijos, normalmente.
Estava entrando quando Marcelo segurou meu braço. Me virei e fiquei olhando fixamente através do óculos
- Você está linda. Está ótima! – Apesar de tudo, eu quis desmaiar nesse momento , ele estava tão lindo e ainda tinha o mesmo cheiro de sempre..
- Obrigada! Vou falar com sua mãe, licença! – Saí andando e ele me puxou pelo braço novamente.
- Posso te acompanhar? – Ele me olhou sério
Pensei que não haveria mal... Ele só ia me acompanhar!
- Claro, vamos. – Olhei séria
Murilo me olhava o tempo todo. Até eu ir falar com ele porque começou a tocar a música que mais gostávamos do passenger.
- Quer dançar? – Olhei pra ele de canto de olho!
- Claro que lhe concedo esta dança. – Ele me olhou e riu.
Então fomos até a beira da piscina para dançar, praticamente abrimos a pista de dança como sempre fazíamos.
- E então...Como foi vê-lo aqui? - Ele apoiou seu queixo sobre minha cabeça.
- Não sei. É cedo para responder a sua pergunta. – Era obvio que eu sabia bem a resposta, só não queria dizer pra ele e muito menos pra mim mesma!
- Não vou insistir nesta conversa, mademozel. – Continuamos dançando em silêncio até que...
- Você me daria a honra do fim dessa dança? - No momento em que ele disse isso a música acabou e começou a tocar Just give me a reason, eu até dei uma risada.
- Te dou a honra do inicio dessa dança. – Murilo me olhou como se desaprovasse aquilo. Assim que a dança acabou fui novamente pra perto do Murilo talvez por medo...Ficamos batendo papo e fazendo as coisas que sempre fazíamos. Até que o DJ finalmente começou a
pra casa me despedi de Murilo e de seus pais e saí “ a francesa” tocar os eletrônicos e começamos a dançar. Toda hora Marcelo ia lá, dava uma dançada com a gente e voltava pra perto da família. Mas eu realmente consegui ser superior e agir normalmente, como se tivesse o conhecido naquele dia!
Assim que vi as primeiras pessoas indo me despedi de Murilo e seus pais e saí “a francesa.”

Mstt

era aniversário do meu ex ai eu lhe comprei uma coleira de presente, ate hoje me pergunto porque ele parou de falar comigo.

jessika

Matutando
 Vale a pena fazer aniversario ??
Eu penso que vale !! 
Principalmente se fosse todos os dias pois é tão delicioso ser lembrado , falado e refalado ( que Me perdoe o Aurelio) por amigos como vcs ,que me senti na obrigação ,  no Day after,    de agradecer a todos do nosso Face a lembrança tão deliciosa promovida por vcs ontem !!!!!
De CORAÇÃO sorrindo!!!!
Muito obrigado a todos sem excessão pelo carinho
MUITO OBRIGADO

Raimundo grossi

Hoje não sou "eu" que faço aniversario, "eu" era triste e infeliz, "eu" não tinha vida, "eu" era sozinho, e "eu" apenas te esperava... Esse "eu" morreu quando te encontrei, agora só existe nós 2, agora é nosso aniversario, agora existe felicidade, vida... Agora existe "você e eu", e "você" se tornou essencial para "eu", tanto que se tirar "você", "eu" não vai mais existir.

Patrick Izzy

De aniversário eu quero
Que Deus apareça em meus sonhos
mi responda uma única pergunta que eu nem seu qual é rs mais que ele certamente a conheçe i mi responderia
Das pessoas aceito um abraço, um beijo,um sorriso, um eu ti amo, aceito carinho
aceito boas energias, bons conselhos.
De material não quero nada não.
Eu vou dobrar meus joelhos, fechar meus olhos
e agradeçer por tudo que tenho e até pelo que não tenho
orar aos meus amigos e inimigos.
Eu vou rir, vou chorar, vou gritar, vou correr e pular :p
vou dar uma de maluca rsrs mais eu vou ser eu :)
Não esquecer do passado, viver meu presente e dar boa vindas ao futuro.

16/11/1990 Ana Jéssica de Carvalho Oliveira

Ana Jéssica de C. Oliveira

Nunca se Apaga


A maior lembrança que eu tenho é o dia do seu aniversário.
O meu melhor café da manhã foi o na padaria da esquina,
servido a pão com manteiga, café preto, café quente.
Lembro-me de que o assoprava para você, enquanto vestias as luvas e a toca de tricô
fio a fio costurada à mão, por sua mãe.
Eu sorria! Você com bochechas vermelhas, os lábios trêmulos e esbranquiçados,
também sorria. Balançava os braços e as pernas com tanta sutileza,
era quase invisível de tão doce, só para se esconder do insistente frio.
Porém o frio não desistia em levar-te para dançar. Enciumava-me todo, e logo me esquecia.
Era uma simples e apagada manhã de outono.

Não seria exagero meu em afirmar que ao seu lado
os pássaros voaram mais alto, passaram do céu,
bicaram as estrelas, como se fossem sementes na terra e, descobriram uma luz que alimenta.
Difícil não é? Pois bem, aconteceu!
Que as árvores decidiram desenraizar-se para poderem brincar com os cachorros e os mendigos na rua.
Não seria exagero eu dizer que quando estava com você, eu fui feliz.
Eu sei, eu sei, esse é o maior dos exageros.
Mas acredite, foi o que eu fiz.

Costumo me lembrar, não muito, não demais, da sua ternura.
Faz tanto tempo, quanta saudade dos velhos momentos.
A última taça de vinho que nós bebemos,
encontra-se junta a vela que acendemos para aquele simples jantar-surpresa de primavera.
Estão dentro da estante de vidro que nunca mais ousei em abrir.
(Vejo que há uma última gota avermelhada ao fundo que nunca se secou).
Todas às vezes que tento, paro com a mão na dobradiça e encosto a cabeça.
Repudio-me por ser um fraco e, não conseguir abrir uma reminiscência tão bela.

Os livros de poesia, com aquelas folhas amareladas, encontram-se inalterados na mesma estante.
Nunca mais li um verso se quer de algum deles.
Minha alegria ficou naquelas páginas esmiuçadas pelo tempo.
Não ei de incomodá-los, repousam e dormem, repousam e dormem.

Meus sentimentos alojam-se na mais alva nuvem, circulante no mundo.
Se tu, minha donzela, soubestes o tanto que ainda estás comigo,
entenderia as palavras cortadas, nunca ditas, que continuam insistindo para serem ouvidas,
nas páginas misteriosas da vida.

Vá, eu vou, já fui. Sozinho, ouvindo Beethoven ou Debussy.
Embriagando-me com vinho, deslizando meu corpo por uma saudade jamais vista ou sentida.
É minha saudade, acredite minha bela, é minha eterna ferida.

alexandre morais

Sou péssima com datas, amor.
Mas do teu aniversário eu não esqueço.

Lila Pilz

mãe o aniversario é seu mas o presente
quem ganhou foi eu quando Deus
lhe deu a vida

Betinho Queiroz

Minha mãe Luiza
Querida mãe, amanha eu quero festejar com a senhora seu aniversário, 79 anos, se eu falasse da minha admiração e do meu respeito, muitos não acreditariam, da tua geração, igual não existe mais, dedicou tua vida a nossa família, perdeu meu pai mas continuou sendo a esposa fiel a ele, se manteve no seu lar com sempre fez, dando exemplos de honestidade, de mãe e avó, como sogra não acredito que não conquistou tuas noras.
Mãe quero que minhas orações cheguem até o Pai Todo Poderoso, quero pedir a ele que abra janelas e portas do céu e derrame em sua direção, saúde, paz, amor e muitos anos de vida.
Quero sentir no seu olhar de mãe, toda a força que teus filhos precisam para vencer os obstáculos do caminho, quero segurar em suas mãos e encontrar no seu peito todo amor que precisamos.
Parabéns mãe, estou muito feliz pela senhora ter conquistado mais um ano.
Feliz aniversário.
Da mesma forma que deseja a mim saúde e felicidade,
Desejo-te também com toda certeza que tenho.
Um beijo

JOSÉ HAROLDO RAPHAELLI DE QUADROS

ESPERANÇA-PB: SAÚDO COM SAUDADE:



Esperança, eu te saúdo pelo teu aniversário de 88 anos de vida bem vividos, me regozija a alma em poder contemplar tua beleza física, teus monumentos históricos, tua economia viçosa, teu povo festivo e hospitaleiro, teu semblante ainda bucólico, num clima ameno e conquistador, que outrora atraiu dos mais longínquos torrões, novos a ti habitar, Esperança de filhos renomados no cenário politico, artístico, literário e financeiro, mil perdões te peço, por não externar seus nomes, talvez no afã de não pecar por omissão, saúdo a todos que já não habitam esse plano terreno, e beijos no coração dos que ainda degustam teu sentimento lúdico.

Não obstante, maior que a saudação, é a saudade de tua adolescência e juventude, quiçá, eu trocasse toda sua exuberância presente, por tua ingenuidade e, candura de ontem, saiba minha querida e amada Esperança, trocaria teus prédios futuristas, pelas singelas casas de tua infância, onde se dormia sem trancas, teu asfalto fervilhante, pelas ruas de sapê onde crianças no ápice de sua inocência, as riscavam em suas duradouras brincadeiras de rua, tais como – Barra bandeira, enfinca, gata magra e Etc.

Oh! Esperança dileta, sem sombra de duvidas, trocaria teus famigerados monstros financeiros, pelo saudoso SINE SÃO JOSÉ, teus restaurantes chineses, pelo inesquecível e acolhedor bar do Vicentão, tuas Lan Hauses e teus Ciber. Cafés, pelos simpáticos e saudáveis assustados no saudoso Caobe. Quanta saudade de minha antiga Banabuiê, aonde não havia polícia, e pai emprestava dinheiro ao filho sem lhe cobra juros, onde os homens se confraternizavam sem drogas, e as famílias não comiam politica e primavam por sua unidade, mesmo com todo o pragmatismo atual, morro a cada dia de saudade do teu paradigma infanto-juvenil.

Sobretudo, amada minha, pretendo ser teu causídico até que a morte nos separe.

Carlos Egberto Vital Pereira