Falta de um Ente Querido Falecido

Cerca de 1086 frases e pensamentos: Falta de um Ente Querido Falecido

A MORTE DO ENTE QUERIDO

À Angélica Lovatto

Perplexo o coração recebe a notícia,
O ente querido morreu de repente,
Questões, angústia, a face em uma
Tempestade de areia se transfigura.

O tempo que não se separa da alma,
Neste átimo insuportável, a deixa,
Foge de si mesmo, e só volta a ele
Quando sem anseio o vento acalma.

Dos orifícios das pálpebras germina,
O império belo, em fúcsias roídas,
Que líquidas tomam da Vida a Forma.

Sofremos não porque o outro morre,
Mas porque nó’s vemos uma imagem
A menos no Espelho que nos mostra.

R. S. JABIS

A nossa dor pela partida de um ente querido, é a alegria de Deus pelo retorno do filho à sua casa após a missão cumprida

Jader Amadi

Como superar a morte de um ente querido?Você não supera,uma parte de você morre junto.O que te mantém vivo são as lembranças e todo amor,carinho e afeto que essa pessoa te fez sentir.

Blair Freudiana

Morremos um pouco cada vez que perdemos um ente querido.

Publilius Syrius

Quando morre um ente querido, entre os que o ficam cada um tem seu tempo de chorar... Isso deve ser entendido e respeitado, e ninguém deve julgar a dor do outro, baseado na ausência de lágrimas visíveis... Até mesmo porque, além de cada um ter seu tempo, todos têm sua forma de sentir e manifestar, além de haver os que nem manifestam, devido à profundidade; ao caos de sua dor...

Antonio Carlos P. Sena - Realengo - RJ.

A vida é cheia de despedidas

.... seja do amor...

... seja de um ente querido e mui amado...

... seja de nós mesmos...

Como disse um texto.. morrer é necessário... aliás na vida algo perece para que outro surja...

E, é assim que precisamos encarar as perdas...provocadas ou involuntárias...

precisamos deixar a natureza seguir seu curso, por mais doloroso que seja...

temos que dizer adeus... faz parte do crescimento... amadurecimento...

não se pode insistir ... prender... agarrar-se ... fechar o entendimento...

pois ... o pior sempre acontece... o que existia apodrece... fenesce... morre...

tudo é transformação... a vida tem esta dinâmica... mesmo que nos deixe cheios de cicatrizes

e faltando pedaços... que ela e o tempo irão curar... sarar...

Disse Cecília... "aprendi com a natureza a deixar-me cortar e voltar inteira..."

são as podas necessárias ao crescimento e sobrevivência...

Por isso... precisamos vier o hoje, conforme expresso nessa frase em latim "Carpe Diem"!!!!!!!!!

E, aprender a dizer A D E U S...

sempre que necessário for.....

KikaFCarvalho

Motivos que levam ao suicídio: bullying, baixa auto estima, morte de ente querido, amores não correspondidos, depressão, etc… Eu sou uma provável vítima, tão certa que a possibilidade não me sai da cabeça. Sofro com tudo que citei e sofro também com a falta de coragem de não me render à faca da cozinha, à corda do balanço do meu irmão, aos remédios e produtos de limpeza que estão espalhados pela casa. Sou tão covarde que não consigo desistir. Em cada canto vejo uma possibilidade de acabar com tudo, mas optei por continuar, talvez a covardia seja minha maior coragem, pois decidi viver e encarar a vida com as armas e chances que tenho, mesmo com a sombra da vontade de dar fim a todo esse sofrimento.

Jéssica T.

"Acredito que o maior consolo para alguém que perde um ente querido é poder olhar pro céu e ter a certeza que aquela pessoa vela por você e que sempre estará ali, mesmo em silêncio, estará além das nuvens."

César Ribeiro

César Riebiro

Só alguém que já perdeu um ente querido com esta terrível doença é que sabe dar o valor, o que eu posso dizer é que enquanto à vida existe esperança por isso o lema é nunca baixar os braços e ir sempre em frente e que DEUS esteja sempre com as crianças que sofram desta doença.
Maria Rosália

ONG ABRACC ASSOCIAÇÃO BRA. AJUDA À CRIANÇA COM CÂNCER

Semelhante ao esquecimento de um ente querido que se vai, pelo qual só fica a saudade um pouco anestesiada, um "kitsch"(*) compulsório, nosso esquecimento pelos outros passa pelo cansaço que nossa presença causa, pelos traumas e sofrimentos que podemos vir a inspirar. Quando a mente cansa, ela força o kitsch, a banalização dos pesares pelo famoso “eu não tô nem aí” ou por um “não me importo mais”. Se não for um blefe, devemos nos cuidar: pode ser o último perdão e supremo ato de indulgência anteriores ao afastamento da Vida e do Amor.

(*) Kitsch: é uma palavra de origem germânica, utilizada pelo autor checo Milan Kundera para referir-se ao esquecimento compulsório que nossa mente nos impõe, visando evitar o sofrimento por algum fato ou trauma e que geralmente vem em forma de um perdão ou perda de importância dada.

Ebrael

A dor que ninguém nunca irá, conseguir explicar e a dor da Perca de um Ente querido.

Relielton Maciel

A experiência de perder um ente querido pode ser considerada a única que não nos torna maduros para aceitar outras perdas. Se vem de repente é um choque e se vem com aviso prévio te acaba aos poucos por dentro. Quando sentimos vontade de doar a nossa vida por alguém é um dos momentos em que o amor se revela de forma mais incondicional. Quando recebemos uma notícia e a ficha só cai de verdade quando tomamos um banho , deitamos e não conseguimos dormir sentindo nosso corpo tremer de medo daquela que é a única certeza da vida mas não estaremos nunca preparados para aceitar sem dor. Nenhuma palavra é capaz de expressar essa dor e nenhum remédio tem eficácia contra ela. E quando pensamos que somos fracos nós ficamos fortes porque o que nos move na fraqueza é maior do que aquilo que podemos imaginar : DEUS.

Laura Astrolabio

Molhe os lábios de um ente querido muitas vezes sem força para levantar a taça e aplacar a sede que o consome.

Paulo Boechat

É impressionante como quando alguém que gostamos perde um ente querido, sentimos como se fosse com a gente

Natsuo Oki

Era só saudade

Já vi saudades de todos os tipos, saudades de um ente querido que se perdeu, saudades da mãe que está a uma semana longe, saudade do pai, saudade do irmão, do amigo e até do cachorro, por todos os cantos do mundo e em todas as eras que já passaram ou ainda estão por vir, ninguém cujo arrisca por seus pés neste planeta, estará livre deste sentimento, mas existe uma saudade cuja a dor é inexplicável, cuja gerações conseguintes tem experimentado, a saudade mais dolorida, que é a saudade de quem ama. Saudade dos beijos, do cheiro, da pele. Saudade da presença, do brilho no olhar de cada um, dos sorrisos e até das discussões. Você podia ficar na sala e ela no quarto, sem se verem, mas sabiam que estavam próximos. Você podia ir para o centro da cidade tomar um sorvete e ela para o dentista, mas sabiam onde estavam. Você podia ficar o dia sem vê-la, ela o dia sem vê-lo, mas sabiam que amanhã se veriam. Contudo, quando o amor de um acaba, ou torna-se menor, Ou quando alguém ou algo não deixa que esse amor siga, que seja a distancia; Ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter. Saudade é basicamente não saber. Não saber se ela ainda usa aquela saia. Não saber se ele continua sem fazer a barba por causa daquela alergia. Não saber se ela ainda fica noites em claro admirando a lua, nem mesmo se ele ainda pensa nela quando olha as estrelas. Não saber mais se ela parou de comer e tomar, besteiras como prometeu; se ele continua preferindo suco; se ela continua preferindo refrigerante; se ele continua sorrindo com aqueles olhinhos apertados; Se ela continua com aquelas covinhas lindas quando sorri, se ele continua sempre sabendo o que falar, se ela continua dançando daquele jeitinho atrapalhado que o deixa todo bobo; se ele continua cantando e tocando tão bem; se ela continua detestando o MC Donalds; se ele continua amando; se ela continua a chorar até nas comédias. Saudade é não saber realmente de nada! Não saber como encontrar tarefas que lhe façam pensar em outras coisas; Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos; não saber como frear as lágrimas diante de uma música; não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche. Saudade é não querer saber se ela está com outro sem que se saiba, que está fazendo ela rir, ou apenas rindo com as amigas, e ao mesmo tempo querer. É não saber se ele está feliz, e ao mesmo tempo perguntar a todos por isso... É não querer saber se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é não saber se quem te ama sente sua falta; Saudade é saber que vai reencontrá-la e ainda assim doer; Saudade é isso que senti enquanto estive escrevendo e o que você, provavelmente, está sentindo agora depois que acabou de ler...

Gilberto Damiani Martins

A melhor forma de homenagear nosso ente querido, é viver as qualidades que ele radiava.

jadson de sousa gonçalves

PROTEGIDOS PELA JUSTIÇA
Quando jorra o sangue quente
Do corpo de um querido ente
Por golpes violentos a que foi ferido
Vindos de um bandido desconhecido
Há uma comoção geral de toda a vizinhança
Que não se conforma com a brutal matança...

A violência a que estamos sujeitos
É um total e desumano desrespeito
Para com qualquer cidadão de bem
Que na vida jamais agrediu alguém
Em sua vida regrada e pacata
Trabalhando de chinelo ou de gravata...

É preciso com determinada urgência
Que nossas autoridades com jurisprudência
Tomem as decisões de seu pleito
Dando a todo cidadão o devido direito
De ter na justiça sua segurança
Para que se possa viver em completa bonança...

Que a justiça do homem seja feita
E a de Deus sempre seja aceita...

mel - ((*_*))

10/12/2015

melanialudwig

Só lembrando que a dor da perda de um ente querido rico e famoso é a mesma dos familiares daqueles que sequer foram citados os nomes!

Rozi Ribeiro

A morte de um ente querido, uma doença como o câncer ou a aids, a morte precoce de um jovem, o suicídio de um amigo ou conhecido, a perda de um filho antes do nascimento, são todos exemplos de eventos que passamos a vida inteira rezando para que não aconteça conosco ou perto de nós. Mas quando acontecem, toda nossa ânsia e ilusão de riqueza material, sucesso, fama, poder e status, ainda que temporariamente, caem por terra e nos tornamos só o que somos na essência, meros humanos.

Samir de Sena Osório

A partida de um ente querido nos deixa marca e nos entristece profundamente, o vazio da perda é insubstituível. Mas, o que ameniza a nossa dor é ter a certeza de que quem nos deixou está junto de Deus.

Rosicler Ceschin