Duelo

Cerca de 47 frases e pensamentos: Duelo

" A verdade é um duelo de percepções.As pessoas só enxergam o que podem enfrentar.Não importa o que você vê...Mas sim o que você enxerga.Quando diferentes percepções duelam entre si ...A verdade tem um jeito de se perder...E os monstros..Encontram um jeito de sair."

Revenge

A verdade é um duelo de percepções em que as pessoas só exergam o que podem enfrentar. Não importa o que você vê, mas sim o que você enxerga.

(Emily Thorne)

Revenge

O corpo e suas emoções brigando com a razão e suas verdades lúcidas. Esse é um duelo que não desejo a ninguém.

Fernanda Magalhães

O duelo de Buda - quando Buda foi testado por um espírito da natureza
Um dia Sidarta Gautama, o Buda, estava no jardim de Anathapindika, na cidade de Jetavana, Índia, quando lhe apareceu um Deva (espírito da natureza) em figura de brâmane e vestido de roupas brancas como a neve, e entre ambos se estabeleceu o seguinte duelo:
O Deva:
– Qual é a espada mais cortante?
Ao que Buda respondeu:
– A palavra raivosa é a espada mais cortante.
– Qual é o maior veneno?
– A inveja é o mais mortal veneno.
– Qual é o fogo mais ardente?
– A luxúria.
– Qual é a noite mais escura?
– A ignorância.
– Quem obtém a maior recompensa?
– Quem dá sem desejo de receber é quem mais ganha.
– Quem sofre a maior perda?
– Quem recebe de outro sem devolver nada é o que mais perde.
– Qual é a armadura mais impenetrável?
– A paciência.
– Qual é a melhor arma?
– A sabedoria.
– Qual é o ladrão mais perigoso?
– Um mau pensamento é o ladrão mais perigoso.
– Qual o tesouro mais precioso?
– A virtude.
– Quem recusa o melhor que lhe é oferecido neste mundo?
– Recusa o melhor que se lhe oferece quem aspira à imortalidade.
– O que atrai?
– O bem atrai.
– O que repugna?
– O mal repugna.
– Qual é a dor mais terrível?
– A má conduta.
– Qual é a maior felicidade?
– A libertação.
– O que ocasiona a ruína no mundo?
– A ignorância.
– O que destrói a amizade?
– A inveja e o egoísmo.
– Qual é a febre mais aguda?
– O ódio.
– Qual é o melhor médico?
– O Buda.
O Deva então faz sua última pergunta:
– O que é que o fogo não queima, nem a ferrugem consome, nem o vento abate e é capaz de reconstruir o mundo inteiro?
Buda respondeu:
– O benefício das boas ações.
Satisfeito com as respostas, o Deva, com as mãos juntas, se inclinou respeitosamente ante Buda e desapareceu.
(Trecho extraído do livro Buda – Aquele que Despertou)
Blog despertar coletivo

Riva Almeida

O grandão

Ficamos frente a frente como num duelo, ele ali enorme, colossal e omnipotente e eu tão pequenina.

Ele parecia muito mais zangado do que eu pensava, ia e vinha em secções de ondas violentas que faziam um barulho ensurdecedor.

No entanto, dentro de mim uma paz, sentia nos meus pés o granulado da areia, o vento a bater na minha face trazendo o doce aroma da maresia.

Eu e ele, o Grandão, finalmente tinha chegado a hora.

Abri os meus olhos, e com toda a minha sabedoria de gente pequena o fitei com olhos de desafio.

"Eu não tenho medo de você" Disse baixinho, era verdade não tinha medo.

Ele pareceu ficar ainda mais zangado.

E foi então que eu corri, as minhas pernas pequenas tornaram-se gigantes, os meus braços viraram asas, eu voava e os meus pés estavam no chão.

Foi então que os nossos corpos se fundiram, eu e ele, éramos um só, ele abraçou-me, pegou-me nos seus braços e me levou ao céu.

Todo ele estava em mim, como sempre estivera, sentia o seu calor na minha pele, e sorria, me perdi de amores pela sua imensidão azul.

"É Grandão, agora somos só nos dois..."

Eu e o Mar... Somos feitos do mesmo elemento.

Não lembro exactamente a idade que tinha nesta altura, mas lembro de cada pormenor daquele momento, o momento que eu e o meu Grandão começamos a caminhar com o mesmo passo.

E mesmo quando estou na selva de pedra, escuto o bater das tuas ondas e é feita a melodia.

Carolline Souza

Duelo



À carne expectante
anuncio o meu corpo
em trovoada de sentidos
Há dores
cheiros
gemidos
na tua terra queimada

Na promessa de redenção
crestam-se os lábios
E as chagas

É tempo amor
Sangra-me a sede mais feroz
e mistura a tua noite
ao meu veneno

Edgardo Xavier

Um homem de verdade é quem luta consigo mesmo e após esse duelo, levanta a cabeça em respeito a sua batalha.

Ruisdael Marques

Num duelo o galo índio derrota o carijó,gosto muito de cantar só não gosto de forçar os limites do gogó.

Eduardo Costa

A maior recompensa,
de boa sorte,
é lutar,
até a morte,
diante de um duelo,
nesse imenso castelo,
prepare a sua clava,
machado ou punhal,
bem vindo a era,
medieval,
repleta de aventuras,
romance
e batalhas violentas,
corações apaixonados
fervendo de amor,
é a única opção,
para aliviar a dor

Rahvok
Inserida por Rahvok

A saudade traz a dor
de quem se estima
como um duelo de espadas
numa luta de esgrima
faz calar a esperança
como a bomba de Hiroshima.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

CIO

Entre as pernas te prendo
serpente e presa em duelo

Instintivos golpes
em obscena estratégia
despudorada arma

Vitoriosa
bebo em teu cálice
o sêmen

...chove sobre o cio.

Glória Sartore
Inserida por JANAFLORES

A juventude trava um duelo constante com a maturidade, com toda soberba ela fala que é cobiçada até por quem já chegou à maturidade. Só que ela esquece que os maiores sonhos são realizados no momento de maturidade, pois quando jovens as pessoas normalmente fazem o mau uso dos seus talentos e às vezes o seu próprio corpo paga caro por isso. Portanto, esteja atento com a empolgação da sua juventude e reflita mais com a compreensão da maturidade.

Djalma CMF
Inserida por 81024673

Dialogar e diferente de duelar, dialogar e tentar entender o outro.. não confunda dialogo com duelo!

Paulo Batista dos Santos
Inserida por paulosantos7303

Corinthians e Palmeiras é mais do que um clássico, é um duelo de titãs.

Marcelo Figueiredo
Inserida por marcelofigueiredo

DUELO

"AMOR X ÓDIO
Quatro x quatro letras.
Empatados! "

Denair Inês Guzon
Inserida por denair

Desordem completa,

O caos interno
Se refletiu no externo
Promoveu o duelo
Entre rabiscos e versos

A alma que chora
Já não sabe a hora
Que toda essa bagunça
Vai encontrar seu lugar

As palavras se confundem
Ao se encontrar, se unem
Criando a poesia
Em meio ao incôndito ambiente

No fim do túnel me encontro
Sinto-me um louco em calmaria
O último verso escrito e ponto
O caos é o mal que me traz alegria

Otávio L. Azevedo.
Inserida por JoiceSantana

“Que o duelo em mim, venha aflorar minha apetite osgásmica do sentir-me plena; mesmo que muitas vezes me sinta vazia.”

—By Coelhinha

(Abnizia) By Coelhinha
Inserida por ByCoelhinha

Saudade.
Eterno duelo ente
o mapa mundi e o
amor.

Priscila Sousa
Inserida por priscilasousa

Descendentes de Macunaíma

Duelo das Armas
Duelo das artes
Desunião por ambas as partes
Ir contra quem não era pra ir
Na poesia do povo que não fala

O que eu te entrego
Não é a verdade
São possibilidades de infelicidade
De situações da nova idade
Da humanidade de amanhã
O mais novo dos seus dois irmãos
Que morreu pela fé na utopia

A construção de heróis sem caráter
Na capa de revistas da classe operária
Nas aspirações do Estado Novo
O professor na elite do povo
Cuspindo em minha cara
Um latim bem vulgar

Giovanny Xavier
Inserida por GiovannyXavier

DUELO DE TITANS

POR QUE TU Ó MORTE!
VIVE A RONDAR MINHA VIDA?
SERÁ QUE SABES...
NÃO TER EU, MEDO DE TI!

ENTÃO TU,
MORTE SEM GRAÇA!
FICA AOS POUCOS,
A MATAR-ME AQUI.

JÁ TENTOU TIRAR DE MIM, A INFÂNCIA,
NA ADOLESCÊNCIA QUERIA EU PARA TI!
E AGORA, ABRIU AS PORTAS DAS DORES...
SÓ DESGRAÇAS, TU TRAZES PRA MIM?

POIS ENTÃO MINHA CARA, EU TE DIGO.
É DIFÍCIL, LEVAR-ME DAQUI!
FICA TU A TENTAR ME MATAR!
E EU DAQUI NÃO QUERENDO ME IR!

FECHO A PORTA ESCURA DA MORTE.
E PRA VIDA CONTINUO A SORRIR!
SEI QUE NO FIM, SE FARÁS VENCEDORA!
MAS ESTÁ LONGE ESTA LUTA TER FIM .

ARLETE KLENS
Inserida por Arleteklens