Despedida para Aposentado

Cerca de 927 frases e pensamentos: Despedida para Aposentado

Não era uma simples despedida, ali havia amor.

-Luci, você vai ficar bem?
-Sim (olhos cheios d'água)
-Boa sorte pra você, torço para dar tudo certo.
-Obrigada! Bem... Ton, eu queria te dizer, que, pode me visitar quando quiser.
-Irei só se você quiser.
-Então se eu pedir você vai me visitar?
-Sim.
-Por que você não vai junto comigo? Assim não precisarei te ligar amanhã pedindo pra que vá me vê.
-Era isso que eu queria ouvir... (ela o interrompe)
-Mas você não viu isso em meus olhos?
-Vi, mas queria ter certeza, antes de largar tudo pra ficar com você. Eu te amo Luci.
-Eu te amo Ton.

Deixou de ser uma despedida pra ser uma decisão de amor.

Gabriela Stacul
Inserida por GabrielaStacul

Minha cozinheira foi despedida não somente porque cozinhava mal, mas também por "atrevimento". Ela queria que eu justificasse porque a comida dela era ruim.

Horlando Halergia
Inserida por Horlando-Halergia

Nada, nada mais me restou. É a despedida, a nota final, o ultimo ato dessa peça chamada vida!

Luciana Alves
Inserida por LucianaAlves

O amor de verdade não tem despedida .

Andressa Santos
Inserida por andressasantos

Um dia sem sol, sem chuva. Um dia normal.
Dia de nossa despedida com beijos, abraços, sem brigas e lágrimas.
Com sorriso dizendo que tudo deu certo.
Nenhuma palavra pronunciada.
Mistério?
Não, amor.

Danilla Luane
Inserida por Danillaluane

QUE BOM SERIA

Que bom seria
Se não houvesse despedida
Porque é tão triste
O momento da partida.
Que bom seria
Se eu pudesse ver o dia
Ao lado dela
Amanhecendo
Que alegria!
Me desse ela
Toda a chance
Que eu preciso ter
Pra que a envolvesse
Em meus braços
E então lhe dizer...
Eu lhe diria:
Que ela é, minha alegria
Minha paz
E que irradia
Toda a força
Ao meu viver.
Diria mais
E muito mais
Eu lhe daria
E a veria como eu
Tão contente, de prazer...

Elciomoraes
Inserida por elciomoraes

Dúvidas

Você aparece sempre
em tom de despedida
e a ferida
não transporta cicatriz
quem não condiz
com as águas do passado
fica ancorado
no caminho pra ser feliz.

Guibson Medeiros
Inserida por GVM

(A despedida)

Lá vem o choro seguido de lágrima e com as lágrimas vem o lamento e com o lamento vem a dor da perda e com a perda vem o sofrimento e com o sofrimento vem a angustia acompanhada do choro.

Quantas coisas mais estão por vir em nossas vidas,na madrugada escuto o soluço de uma criança que havia chorado muito,E pergunto criança onde sua mãe está e o que faz sozinho na rua a essa hora e num piscar de olhos a criança some como um pensamento que é esquecido no nosso esquecimento mortal.

Desaparece sem deixar pistas ou vestígio de onde tenha ido ou estado sua mãe e continuo a caminhar em direção contraria de minha casa,por que lá não quero mais voltar.

E ai me despeso da minha vida antiga atras de uma vida desleal e desamparada,soluçando com muita lágrima no rosto grito por socorro,mas socorro ultima vez que me viu deu adeus sem se despedir e foi embora no dia seguinte antes da despedida.

Smith
Inserida por Htims

Galope da despedida

Disse a sua princesa:
Logo voltarei, logo estarei aqui
Mas a sua tristeza
Não a deixava permitir


Quero que me leve
No galopar do seu cavalo
E me dizer que a mim tu queres
De estar, pra sempre do meu lado
Meu bem


Eu sei que feliz tu não estais
Leva o meu sabor, o meu clamor
Comigo fica a ausência e nossa dor
Mas o meu coração contigo vai

Halany Gomes
Inserida por adricyhalany

Despedida

Despeço-me então de ti
Cidade querida onde um dia nasci
E rumo para um rio que não corre
Voa
Entregar-me aqueles que não amam
Zoam
Entregar-me a mim

Tudo a frente é incerto
Vejo um vasto deserto
Se apresentar e confesso
Que não estou triste
Mas posso ficar

Seu perfume me motiva
E me intriga
Não sei se vou suportar
Deixar-te aqui
Entregue a quem quiser
Ou aqui ficar sem poder me entregar

Se eu vou
Eu me mudo
Mudo de mundo
Mas volto pra cá
Para rever-te então
Com toda a amizade
Por minha querida cidade
Que sempre me acolherá

E encontrarei nas ruas e vielas
Moças bonitas
Mulheres belas

E já estarei sorrindo
Por motivos mesquinhos.
Mas voltarei talvez, triste.
Com alguém que insiste
Em num erro acertar

Lucio Medina
Inserida por luciomedina

Despedida Inusitada




Eu ando pelo mundo procurando ver

Coisas que me façam crer...




Que exista algo bem melhor

Num plano quase infinito

Algo cada vez maior

Longe de qualquer grito




Procurando cores e sabores

De uma vida viciante

Espinhos e flores

Imaginação constante




O sonho na janela

Já não quer mais voar

As dores de um mundo à espera

Já não querem mais cessar




O final de um fim aflito

Vai ficando por aqui

Um mero adeus bonito

Um pouco longe de ti

Zade Bretas
Inserida por zadebretas

CARTÂO POSTAL

Pra que
Sofrer com despedida?
Se quem parte não leva, nem o sol, nem as trevas
E quem fica não esquece
Tudo o que sonhou eu sei
Tudo é tão simples que cabe
Num cartão postal
E se a história de amor não acaba tão mal
O adeus traz a esperança escondida
Pra que sofrer com despedida?
Se só vai quem chegou e quem vem vai partir
Você chora se lamenta, depois vai dormir
Sabe, alguém quando parte é porque outro
Alguém vai chegar num raio de lua, na esquina, no vento ou no mar
O adeus traz a esperança escondida
Pra quê?
Sabe, alguém quando parte é porque outro
Alguém vai chegar num raio de lua, na esquina, no vento ou no mar
Pra que querer ensinar a vida?
Pra que so...frer?

Rita Lee e Paulo Coelho
Inserida por JANAFLORES

Despedida

Eu sou um de muitos que já passaram, e que ainda vão passar por esta terra,
Deixando pra trás um rastro de existência.
Um louco tentando escapar do absurdo coletivo.
Mais um medíocre aos olhos da humanidade.
Caminho sem rumo, sem direção a procura de uma ilusão, ao qual eu possa,
Chamar de amor.
Assim vou vivendo, queimando pouco a pouco, os sonhos que ainda me restam.
Digerindo a falsidade que me rodeia, rindo sozinho da demência humana.
Meus amigos são poucos, minhas conquistas menos ainda.
Mas minha coragem ainda triunfa, escondida na minha misericórdia.
E o corte da minha espada ainda se faz presente, dilacerando a altivez de quem ousar atravancar o meu caminho.
Vou-me assim vivendo, apenas com a pureza de um recém nascido.
Comprarei uma casa na montanha, distante de tudo e de todos.
Onde quem sabe em uma tarde fria de inverno ver-te-ei meu rosto refletido.
Em uma pequena poça de água formada pelas lagrimas que chorarei pela manha,
Ela me mostrara todos os anos que já se foram embora, darei meu ultimo suspiro, e um sorriso simples cansado pelo tempo, um estrondo ira cortar o silêncio quase angelical.
Logo após depois de uma imensa espera, finalmente irei acordar do sonho da vida.

Anjo de Galochas
Inserida por inexoravel

Colação de grau da minha filha... a beca impecável, a sensação de despedida de um ciclo que se fechae outro cheio de expectativas que se inicia. Minha filha saiu do casulo que se desenvolvia. Tornou-se uma linda borboleta!

Tamie Angela
Inserida por TamieAngie

Violência é sinônimo de saudades,
Saudades lembram-me despedida
Despedida, adeus dito precocemente
Há um ente querido que não voltar mais

Ao falar de violência
Lembro das agressões dos políticos
Que sagram os nossos impostos
Em benefícios por si próprios

Ao falar de violência
Chego sentir na pele
Os esforços dos nossos professores
Nossos eternos mestres
Por receberem salários míseros
Mas não perdem a alegria
Por lutarem e quererem
Uma sociedade digna para todos

Ao falar de violência
Discuto sobre as condições precárias dos policiais
Além de receberem salários míseros,
Lutam dia após dia
Em prol da sua vida e da sociedade

Ao falar de violência choro de raiva
Pelas impunidades causadas pelas nossas leis
Que infelizmente, parecem favorecer
Cada vez mais os transgressores das leis

Ao falar de violência,
É bom lembra-se das transgressões
Que cometemos por omissão de denuncias
Que presenciamos no dia após dia

Ao falar de violência não devemos esquecer
Que o educar não sinônimo de bater
E que cada um de nós somos responsável diretamente
Por elegermos pessoas erronias,
Para serem políticos gestores

Júnior Hipólito
Inserida por Juhi

La vida es una gran torbellino de emociones cada día. A llorar las lágrimas de despedida. Otro, llorando lágrimas de la llegada ...

Eduardo Succini
Inserida por EduardoSuccini

“Bom, e o que será a saudade? Saudade será no instante da despedida, a dor da perca vem e as lágrimas rolam pelo rosto? Saudade seria a foto que você coloca ao lado da cama, e abraça, e pede pra Deus que no sono, você sonhe com a pessoa? Saudade seria o olhar distante... Ou a distração no trânsito em que você apenas pelo subconsciente concentra-se no movimento dos carros... Saudade seria aquele grito silenciado por um travesseiro, ou seria ver um filme em que uma frase dita por algum personagem resume-se a toda a história de sua vida... Saudade seria ainda, um perfume, que ao ser expirado te trás a lembrança... Saudade seria uma praça, um lugar, uma cantina, um lanche.. Que você novamente retorna, só que dessa vez, sozinho... Você para, olha e ver... Nada mudou. Tudo está como antes... e o que falta, é o que partiu.. e é em cima disso, que a mesma praça, o mesmo lugar.... Agora é visto por um ângulo diferente. Saudade seria o instante em que algo bom te acontece, e você sente a necessidade de contar pra alguém e você até conta... Mas pra quem realmente você queria contar, não pode mais ouvir... Bom.. Será tudo isso saudade? Qual o conceito da saudade? Segundo Aurélio: “Situação ou coisa ausente de pessoas. Situação ou coisa ausente ou extinta.” Será somente isso a saudade? Saudade não seria o vazio, não seria o frio?... O frio da ausência de quem partiu. Saudade é a mãe que entra no quarto do filho que se foi... Saudade seria o amigo que você compartilhou alegrias, conversas, segredos e que simplesmente, você dormiu e no dia seguinte, se viu sem esta pessoa. Saudade seriam os amigos da universidade, ou escola, que você dividiu conhecimentos, e coisas sobre sua vida e que agora, não os vê com tanta frequência. Saudade seria o bolo da sua avó que se foi, e não há quem faça igual... Saudade seria um sabor, um filme... , Será saudade? É saudade. Saudade é aquilo que te é mais, ou extremamente essencial a sua felicidade, que foi tirado de você, ou aquele que simplesmente se foi, e você, ficou sozinho... E você fica sozinho, não por que fica sem algo ou alguém, mais por que ficar sem quem ama, por isso é que você está só. Você está só, por que aquilo que mais você amava, foi retirado de você, ou esvaiu, e suas mãos agora se veem frias. Saudade é mais que tudo, ausência. Saudade não é um conceito isolado. Saudade é ausência, é carência, é o vazio impreenchível. As pessoas te dizem,: “ Calma, ainda é cedo, vai passar..” De fato! Passa sim! Nenhuma dor é eterna e as lágrimas constantes, secam, e os gritos abafados no silêncio, silenciam-se. Passa assim como o brilho dos olhos se vai... Assim como o sorriso sincero se vai, e a pose de felicidade entra em cena no seu teatro. Saudade é lembrança, saudade é um adeus. É o adeus inesperado, ou o que acontece, e sempre, uma das partes não está preparada pra receber... É o choque, é a dor, é o frio, e o fim. “

RayzaCampos
Inserida por RayzaCampos

O que seria morrer?

O fim da alma ou do corpo?
Uma nova vida ou um vivo morto?
Uma despedida ou uma chegada?
Um caminho aberto ou encruzilhada?

Talvez um começo, talvez um fim
Que sabe folha seca ou ate mesmo jardim
A libertação do espírito, a prisão de um ser?
O adeus definitivo ou o ate mais ver?

O que seria morrer então?
Nascer em outro mundo ou voltar para o mesmo em uma outra geração?
Seria uma pergunta ou uma solução?
Querendo ou não é assim que tem que ser, diante de tantas dúvidas todos nós vamos morrer.

Azurra
Inserida por azurra

Na pouca tarde
Silêncio de despedida
Retorno e partida

Tiago landeira
Inserida por landeira

Estigma
Daqui, parto só, para as sobras que me aguardam algures.
Aceita minha despedida pobre Mãe,
Não mais verás a face algoz de teu intruso uterino,
Não mais penarás nos degraus da Santa Morada, onde,
De estômago fraco, concebeste-me a embriaguez,
Que por muitas e muitas eras, fizeste-me crer a ilusão.
E me fui inteiro fiel às tuas pragmáticas salabórdias.
Grande besta é o que fui, ainda que menos malogrado, porque cego.
Mas eu te peço, aceita meu insólito adeus,
Garanto-te, minha Mãe, será o último, e o último há de ser.
Cansei-me das indulgências, e das lágrimas derramadas
Por Madalenas inexistentes.
Hoje dou a face às pedradas, pagarei pelos cuspes não dados,
E cantarei os ensinamentos de Blake na terra da posteridade.
Benditos sejam os sacrossantos Provérbios do Inferno,
E amaldiçoados os que não os creem, pois estes são tão lineares
Quanto a própria existência imunda.

Manolo
Inserida por manolokottwitz