Comunicação

Cerca de 434 frases e pensamentos: Comunicação

A comunicação com Deus

Um homem perguntou a Al Husayn, "O que devo fazer para ficar mais perto de Deus?". "Diga um segredo para Ele. E não deixe ninguém no mundo saber. Assim, um laço de confiança será estabelecido com a Divindade". O homem perguntou: "Só isto me fará chegar perto de Deus?". Al-Husayn disse: "Reze. Tenha força de vontade. Se for possível desfrutar um pouco da solidão, melhor". "Mas como ter uma ótima comunicação com Ele?" insistiu o sujeito. "Já lhe expliquei. Mas você já quer chegar ao fim antes de começar, e isto não é possível".Na procura de DEUS é ELE quem se adianta e vem ao nosso encontro.

Paulo Coelho Maktub

"A solução do problema está na comunicação."

João Vitor Rocha

Através da música expressamos diversos sentimentos,há uma comunicação entre a melodia ouvida e a mensagem transmitida,em que muitas vezês nos tocam e nos sensibilizam profundamente,e também demonstramos,qual sentimento está nos envolvendo naquele momento,mostrando a verdadeira essência do nosso ser.

Félix Magalhães Limoeiro

Comunicação é mais que informação; informação subsidia, atualiza, nivela conhecimento. A comunicação sela pactos e educa.

Emilio Odebrecht

A fotografia é a linguagem dos gestos.
É a comunicação dos calados,
é a risada dos céticos.
A fotografia guarda momentos,
deixa lembranças.
Nos faz pensar nas aventuras
e querer reprisar mudanças

Amanda Laryssa

A liderança participativa se faz através da boa comunicação.

João Doria Jr. - Aprendiz 09062010

Os três poderes do Estado são: Os Bancos,Os Meios de Comunicação e as religiões.

Hermes Renato

Os 3 meios de comunicação mais efetivos: Internet, televisão e fofoca entre mulheres

Jonathan Thayro

Saber ouvir é uma virtude que poucos têm.
Um processo de comunicação construtivo é fazer quem lhe escuta se sentir valorizado.
Pergunte a eles o que pensam e escute com atenção suas respostas. Jamais fale às pessoas como num monólogo.
Ninguém tem saco de ficar escutando uma pessoa que não dá espaço para outros opinarem.
Saber ouvir é uma virtude que poucos têm. Não é à toa que nascemos com duas orelhas e apenas uma boca…
Quem não conhece uma pessoa que fala pelos cotovelos e não deixa ninguém falar? Ou aquela que se acha dona da verdade e não aceita nenhum tipo de discussão?
Benjamin Franklin resumiu isto quando disse:
“Se você me coloca sua opinião de uma maneira dogmática, diretamente oposta ao meu modo de pensar, e não deixa espaço para negociação, eu sou obrigado a concluir – para proteger a mim e a minha auto-estima – que você está errado.
Por outro lado, se você coloca a sua opinião como uma hipótese, evidenciando boa vontade para discuti-la e explorá-la, na maioria das vezes eu vou me empenhar em comprovar que você está certo.”

Marinho Guzman

Um sorriso não custa nada e é o meio mais eficaz de comunicação entre duas pessoas.

Valdeci Alves Nogueira

Gosto de Comunicação e Filosofia. Amo muito os dois. Adoro relacioná-los, estabelecer insights que nenhum outro comunicador ponderou. É um amor visceral que já me custou bons empregos em escolas de comunicação que idolatram técnicos americanos e condenam qualquer tipo de reflexão crítica. Tornar-se um reprodutor acéfalo de discursos vindos de além-mar é o componente indispensável na formação da elite brasileira. Um amor platônico por aquilo que vem do norte do planeta e não do que pode ser feito aqui.

Amor por Filosofia, amor por Comunicação, amor por estrangeiros. Amor, amor e amor. Amar é tudo de bom. Não só por ele mesmo. Mas porque torna tudo mais interessante. Assim, se alguém preferir falar de futebol, de política ou de dinheiro é porque os ama.

Por isso escrevo e falo sobre o assunto. Mas a que afeto corresponde esta palavra tão recorrente?

Amor pode ser desejo. Quando estamos apaixonados. Gostaríamos que a vítima da nossa paixão permanecesse ao nosso lado todo o tempo. Como não dá, pensamos nela sem parar. Amamos o que desejamos, quando desejamos, enquanto desejarmos. E podemos desejar quase tudo. Desde uma pessoa até uma groselha bem gelada. Para desejar, basta não ter. Sempre que desejamos, é porque algo nos falta. Desejamos o que não temos, o que não somos, o que não podemos fazer. Assim, o desejo é sempre pelo que faz falta. E o amor, também.

Claro que você se deu conta das consequências deste entendimento. Ou você ama e deseja o que não tem, ou tem, mas aí, sem desejo, sem amor. Paradoxo platônico da existência. Ora, se a felicidade para você e para mim implica ter o que se quer ter, então, o amor não será feliz nunca. Aragon é poeta. Não há amor feliz para ele. Eu sou professor de Ética na Comunicação, ou seja, um pobre desgraçado na definição afetiva daquele filósofo e do Estado que me paga.

Mas Platão e seus tristes seguidores não têm sempre razão. Porque amor pode ser também alegria. É o que nos propõe Aristóteles, seu mais conhecido aluno. E alegria é diferente de desejo. Porque sempre acontece no encontro, na presença. O mundo alegra quando está bem diante de você. Não é como o objeto do desejo, confinado nos seus devaneios. O amor aristotélico é pelo mundo como ele é. Não pelo mundo como gostaríamos que fosse.

E você, andando na rua, declara sem medo de errar: gostei mais desta mulher do que gosto da minha. Afeto carnal. Inclinação erótica. Tesão. Eu prefiro um amor na alegria pelo que tenho do que no desejo pela mulher de capital estético exuberante e apetecível que me falta. Eu, no seu lugar caro leitor, teria cautela. Porque se seu cônjuge for adepto da mesma concepção, amará sempre o que encontrar. Na mais estrita presença. E aí, de duas uma. Ou você ocupa todos os seus espaços e se torna onipresente para ele, ou ele te amará só de vez em quando. Nos instantes de encontro. No resto do tempo ele amará a secretária, a copeira, o personal, o zelador e o que mais lhe alegrar pelo mundo.

Por isso, é melhor que os dois tenham razão. Para que o amor seja rico. E possamos amar na falta, desejando o que não temos, e também na presença, alegrando-nos com o que já se encontra à nossa disposição. É como dar aulas e sustentar uma família, um conflito afetivo entre minha alegria e a responsabilidade orçamentária com meus entes queridos. É bem verdade que não desejamos tudo e que nem tudo nos alegra. Mas não é nenhum problema, pois nossa capacidade de amar não é mesmo tão grande. Amemos no desejo e na alegria, e isto já nos converterá em grandes e refinados amantes.

Espero que nesse ano você, leitor, cultive mais inclinações amorosas do que suas obrigações ordinárias. Rotinas desagradáveis muitas vezes são importantes, mas não são fundamentais. O amor não é tão ruim como nos faz ver Platão. É possível ser prudente, sábio, e, mesmo assim, cultivar amores na vida. Optar pelo amor em detrimento da estabilidade já conhecida pode ser bom. Ser um pouco mais afetivo e um pouco menos racional. Pense nisso.

Clóvis de Barros Filho

Se você não tem certeza, fique calado!
www.muciomorais.com

Múcio Morais

"Nunca" é muito tempo, "Sempre" também é, cuidado quando usar estas palavras, elas podem ferir pela injustiça, comunique-se com equilíbrio!

Múcio Morais

A comunicação acontece quando os ruídos se entendem.

Marcos Fabrício Lopes da Silva

O Blábláblá de cada dia fortalece a comunicação. Então comuniquem-se, mesmo que o blábláblá seja simplesmente blábláblá.

Márcio Antônio

Sem Conhecimento e Sem Comunicação Não Há Humanização

Camila Pinheiro Silveira Cintia Alves dos Santos

O ser humano está sujeito a um bombardeio
Produzido pelos meios de comunicação
Pela tensão permanente da velocidade dos acontecimentos.

Há um universo que nos atrai para a alienação:
As drogas,o álcool,o fumo,o consumismo,os próprios meios de comunicação
Há outro universo que nos atrai para a consciência profunda
A consiência de si mesmo
A descoberta de um espaço pessoal
A percepção da própria fragilidade
Do pouco que sabemos do essencial.

Essa descoberta de si mesmo
(Diria,esse "amor"por si mesmo)
Se transformará numa ternura pelo Outro
Numa real descoberta pelo relacionamento humano.
Um relacionamento acima do instinto
Do interesse
Da obrigação
Do laço familiar.

Um caminho árduo,
Mas o avesso de qualquer massificação
Pois passa por dentro,pelo coração,de cada caminhante.

É uma caminhada aberta àquele que acordar
Seja quem for
Esteja onde estiver!

Ruy Cesar Espírito Santo

Definir é limitar. Nenhuma palavra,espressão ou qualquer outro meio de comunicação pode explicar o significado da minha existência, representar a complexidade da minha alma e principalmente traduzir toda a selva do meu ser.

Hobert Rocha

O dialogo é a forma mais perfeita de comunicação,e promove o crescimento mutuo...quando não ha distúrbio de entendimento,pena que nos dias de hoje é incomum esta prática.

marilymeirabrandao

Mais do que cor e linhas, as palavras são, o maior meio de comunicação para o desenvolvimento e compreensão do que pretendemos dar a conhecer aos de mais interessados por a cultura em geral.

miguel westerberg