Coleção pessoal de TinaBauCouto

Encontrados 12 pensamentos na coleção de TinaBauCouto

Senhor
Ajuda os sem noção
A não jogarem lixo no chão
A dividirem o pão quando sobrar
A falar e não rosnar
A ajudar e não ter vergonha de precisar
Que as cidades tenham prédios gigantes
E casas com árvores no quintal
Que o bem vença o mal
Que o mal não tenha cartaz e tenha punição
Que crianças joguem, acessem internet, vejam televisão
E façam esportes, bagunça, interajam
Se alimentem bem e sejam fortes
Faz os idosos serem mais valorizados e respeitados
As praças e patrimônios públicos serem preservados
Que haja paciência, gentileza, educação
Boa prestação de serviços, atendimento, comportamento
De cada um, dos grupos, das empresas
Que eu seja e veja cada dia um bom cidadão

TinaBauCouto
Tags: oração cidadania

No chão, com os pés fincados e caminhantes, somos pó e flor
No alto, pela fé, pelos sonhos, poemas, escritos, cantos
Somos pássaros por muitas vezes de uma só asa que só voam se juntos

Tina Bau Couto
Tags: chão poesia

Cabeça leve coração cheio
Bendita seja a leveza
E o sorriso nosso de cada dia
Um pouco dos outros, das coisas
Muito da gente, sem nós
Pois nós somos espelhos
Guias, parceiros
E herdeiros de nós mesmos

Tina Bau Couto
Tags: poema oração

Quando as palavras tiram férias de mim, não me expresso
De azul fico cinza
Eu sem palavras sou como céu e mar sem azul
E de branco em branco, brandura, braveza, bravura
Azulo-me e saiu do casulo
Em palavras e em azul

Tina Bau Couto
Tags: azul palavras

Que a Santíssima Paciência
Por clemência, nos livre dos perrengues
Da falta de noção e excessos alheios
Das esperas que nos exasperam
Dos entretantos e entremeios
Dos males dos outros e dos nossos
Amém!

Tina Bau Couto
Tags: oração paciência

Borboletas são seres portadores de extrema sabedoria
Sendo primariamente lavas, arrastam-se
No casulo aprendem a se aquietar
Por fim, voam, bem sabendo o valor de ter asas

TinaBauCouto
Tags: borboletas

Borboletas são delicadeza
Beleza
Leveza
Referências de transformação
Como uma aquarela
Que ganhando vida
Se tornaria ainda mais bela

TinaBauCouto
Tags: borboletas

Amo chuva!
Ver, ouvir o barulho que faz ao cair nas calhas, nas telhas, no chão, o cheiro que exala ao cair na terra. O frescor que traz!
Não gosto quando são muito fortes, penso nos que não tem uma casa segura e tenho pavor de trovões.

Sinto que a água da chuva é uma água benta, diretamente da fonte.

Eu faria, sempre digo isso, se tivesse o endereço, uma cartinha para Deus, dizendo que tenho uma pequena sugestão de mudança na criação: Chover morninho seria a perfeição.

TinaBauCouto

A menina na janela
A água que ferve na panela
O passarinho que pousa na varanda
A chuva que o céu nos manda
O garoto que joga futebol
O peixe que escapa do anzol
Todo dia e a toda hora
Ao nosso lado e pelo mundo afora
Onde estamos
E aonde nem sequer imaginamos
Há poesia até no ar
Basta olhar sentir, reparar

TinaBauCouto

A primavera
Aquece o verão em seus braços
O verão
Enche de energia as cigarras e de calor os humanos
O outono
Embala o frio do inverno
O inverno
Fortifica as floradas e aquece os corações
O vento assovia
Canta a cotovia
Assobia a cigarra
Trabalha a formiga
Floresce a margarida
Estações do ano
Estações da vida

TinaBauCouto
Tags: estações vida

Poesia não se escreve
Não se lê
Não se inventa
Não se copia
Não se imita
Não se racionaliza
Não é razão
Técnica ou regra
Poesia não se mede
Não se aprende
Não se ensina
Se sente
Com rima ou sem rima

TinaBauCouto

Toda pergunta
Toda resposta
O que se entende
E o que não tem explicação
De amor ou de dor
Com começo, meio e fim
Ou em constante construção
De autores famosos
Ou de anônima autoria
Toda palavra que fala a alma
É poesia

TinaBauCouto