Clarice Lispector Felicidade

Cerca de 102 frases e pensamentos: Clarice Lispector Felicidade

"...juro que há em meu rosto sério uma alegria até mesmo divina para dar. "

Clarice Lispector

"E como nasci? Por um quase. Podia ser outra. Podia ser um homem. Felizmente nasci mulher. E vaidosa. Prefiro que saia um bom retrato meu no jornal do que os elogios." "Tenho várias caras. Uma é quase bonita, outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo". (Clarice Lispector) "E como nasci? Por um quase. Podia ser outra. Podia ser um homem. Felizmente nasci mulher. E vaidosa. Prefiro que saia um bom retrato meu no jornal do que os elogios." "Tenho várias caras. Uma é quase bonita, outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo". (Clarice Lispector)

Clarice Lispector

Que alívio! Felicidade, meu bem, é alívio...

Clarice Lispector

O que é que se consegue quando se fica feliz?
(Perto do Coração Selvagem)

Clarice Lispector

Erguia-se para uma nova manhã, docemente viva. E sua felicidade era pura como o reflexo do sol na água.
Trecho do livro Perto do coração selvagem)

Clarice Lispector

Quem não tiver medo de ficar alegre e experimentar uma só vez sequer a alegria doida e profunda terá o melhor de nossa verdade.

Clarice Lispector

Mente-se e cai-se na verdade. Mesmo na liberdade, quando escolhia alegres novas veredas, reconhecia-as depois. Ser livre era seguir-se afinal, e eis de novo o caminho traçado. Ela só veria o que já possuia dentro de si. Perdido pois o goto de imaginar.

Clarice Lispector

"Ainda não se cansara de existir e bastava-se tanto que às vezes, de grande felicidade, sentia a tristeza cobrí-la como a sombra de um manto, deixando-a fresca e silenciosam como um entardecer. Ela nada esperava. Ela era em si, o próprio fim."

Clarice Lispector

Volto-me então para o meu rico nada interior. E grito: eu sinto, eu sofro, eu me alegro, eu me comovo. Só o meu enigma me interessa.

Clarice Lispector

Havia a levíssima embriaguez de andarem juntos, a alegria como quando se sente a garganta um pouco seca e se vê que por admiração se estava de boca entreaberta: eles respiravam de antemão o ar que estava à frente, e ter esta sede era a própria água deles.
Andavam por ruas e ruas falando e rindo, falavam e riam para dar matéria peso à levíssima embriaguez que era a alegria da sede deles. Por causa de carros e pessoas, às vezes eles se tocavam, e ao toque - a sede é a graça, mas as águas são uma beleza de escuras - e ao toque brilhava o brilho da água deles, a boca ficando um pouco mais seca de admiração.

Clarice Lispector

Os ignorantes são mais felizes.

Clarice Lispector

E quando notou que aceitava em pleno o amor, sua alegria foi tão grande que o coração lhe batia por todo o corpo, parecia-lhe que mil corações batiam-lhe nas profundezas de sua pessoa.

Clarice Lispector

Estava quieta, grande, despenteada, limpa. Fora feliz inutilmente...

Clarice Lispector
Inserida por jubsleu

Sou composta por urgências: minhas alegrias são intensas; minhas tristezas, absolutas.

Clarice Lispector
Inserida por Priscilinda

"Desemparada, eu te entrego tudo - para que faças disso uma coisa alegre. Por te falar eu te assustarei e te perderei? mas se eu não falar eu me perderei, e por me perderei, e por me perder eu te perderia."

Clarice Lispector
Inserida por natxalinha

- O que é que se consegue quando se fica feliz?, sua voz era uma seta clara e fina. A professora olhou para Joana.

- Repita a pergunta...?

Silêncio. A professora sorriu arrumando os livros.

- Pergunte de novo, Joana, eu é que não ouvi.

- Queria saber: depois que se é feliz o que acontece? O que vem depois? - repetiu a menina com obstinação.

A mulher encarava-a com surpresa.

- Que idéia! Acho que não sei o que você quer dizer, que idéia! Faça a mesma pergunta com outras palavras...

- Ser feliz é para se conseguir o quê?

Clarice Lispector
Inserida por amargarita

Ah! que vontade de alegria.

Clarice Lispector
Inserida por vicarvalho

Ah, que vontade de alegria.

Clarice Lispector
Inserida por jeehx3

Temos amontoado coisas e seguranças por não nos termos um ao outro. Não temos nenhuma alegria que já não tenha sido catalogada.

Clarice Lispector
Inserida por gabipinho

A alegria verdadeira não tem explicação possível, não tem a possibilidade de ser compreendida - e se parece com o início de uma perdição irrecuperável.

Clarice Lispector
Inserida por thaseries