Rubem Alves

226 - 250 do total de 373 pensamentos de Rubem Alves

Somos como os moluscos. Frágeis diante de um mundo imenso e assustador. Tratamos, então, de nos defender: construimos conchas duras de palavras.

Rubem Alves
Inserida por PriSpinardi

''Pois a memória é o estômago da mente...
Para ali vão as comidas mais variadas: umas saborosas e de digestão fácil, outras amargas e impossíveis de serem digeridas.''

Rubem Alves
Inserida por PriSpinardi
1 compartilhamento

A vida tem sua própria sabedoria. Quem tenta ajudar uma borboleta a sair do casulo a mata. Quem tenta ajudar o broto a sair da semente o destrói. Há certas coisas que têm que acontecer de dentro para fora e no seu tempo certo.

Rubem Alves
2 compartilhamentos

Invista em seus sonhos, mesmo que isso signifique abdicar de certas coisas da vida.

Rubem Alves
Inserida por RubensAlves
1 compartilhamento

Somos assim. Sonhamos o voo, mas tememos as alturas.
Para voar é preciso amar o vazio.
Porque o voo só acontece se houver o vazio.
O vazio é o espaço da liberdade, a ausência de certezas.
Os homens querem voar, mas temem o vazio.
Não podem viver sem certezas.
Por isso trocam o voo por gaiolas.
As gaiolas são o lugar onde as certezas moram.

Rubem Alves
5 compartilhamentos

Porque a vida é feita de uma mistura de alegrias e tristezas.
Sem as tristezas, as alegrias são máscaras vazias,
e sem as alegrias, as tristezas são abismos escuros.
É por isso que os olhos, lugar dos sorrisos,
são regados por uma fonte de lágrimas.
São as lágrimas que fazem florescer a alegria.

Rubem Alves
Inserida por kellyfaustino
1 compartilhamento

O mundo humano, que é feito com trabalho e amor, é uma página em branco na
sabedoria que nossos corpos herdaram de nossos antepassados.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Não existe cultura sem educação.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Os animais sobrevivem pela adaptação física ao mundo. Os
homens, ao contrário parece ser constitucionalmente desadaptados ao
mundo, tal como ele lhes é dado.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Nossa tradição filosófica fez seus sérios
esforços no sentido de demonstrar que o homem é um ser racional, ser de
pensamento. Mas as produções culturais que saem de suas mãos sugerem, ao contrário,
que o homem é um ser de desejo. Desejo é sintoma de privação de ausência.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Desejo pertence aos seres que se sentem privados, que não
encontram prazer naquilo que o espaço e o tempo presente lhes oferece.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

A cultura não surge no
lugar onde o homem domina a natureza

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Há propriedades que, para se fazerem sentir e valer dependem exclusivamente
de si mesmas, por exemplo, antes que os homens existissem já brilhavam as
estrelas, o sol aquecia, a chuva caia e as plantas e bichos enchiam o mundo.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Há propriedades que, para se fazerem sentir e valer dependem exclusivamente
de si mesmas, Por- exemplo, antes que os homens existissem já brilhavam as
estrelas, o sol aquecia, a chuva caia e as plantas e bichos enchiam o mundo. Tudo
isto existiria e seria eficaz sem que o homem jamais existido, jamais pronunciado
uma palavra, jamais feito um gesto. E é provável que que continuaram, mesmo
depois do nosso desaparecimento. Trata-se de realidades naturais, independente do
desejo, da vontade, da atividade prática dos homens.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Há também gestos que
uma eficácia em si mesmos. O dedo que puxa o gatilho, a mão que faz cair a
bomba, os pés que fazem a bicicleta andar: ainda que o assassinado nada saiba e não
ouça palavra alguma, ainda que aqueles sobre quem a bomba explode não recebam
antes explicações, e ainda que não haja conversação entre os pés e as rodas — não
importa, os gestos têm eficácia própria e são, praticamente habitantes do mundo
da natureza.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Há verdades que são frias e
inertes.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Uma pedra não é imaginária. Visível, concreta. Como tal, nada tem de religioso.
Mas no momento em que alguém lhe dá o nome de altar, ela passa a ser circundada de
uma aura misteriosa, e os olhos da fé podem vislumbrar conexões invisíveis que a
ligam ao mundo da graça divina. E ali se fazem orações e se oferecem sacrifícios.
Pão, como qualquer pão, vinho, como qualquer vinho. Poderiam ser usados
numa refeição ou orgia: materiais profanos, inteiramente. Deles não sobe
nenhum odor sagrado. E as palavras são pronunciadas: "Este é o meu corpo, este é
o meu sangue. . ." — e os objetos visíveis adquirem uma dimensão nova, e passam a
ser sinais de realidades invisíveis.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

A existência da água e do ar, a
alternância entre o dia e a noite, a composição do ácido sulfúrico e o ponto de
congelamento da água em nada dependem da vontade do homem. Ainda que
ele nunca tivesse existido, a natureza estaria aí, passando muito bem, talvez
melhor. . .

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

A dúvida e os questionamentos surgem
quando a ação é frustrada em seus objetivos.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Aqueles que duvidam ou propõem novos
sistemas de ideias, ou são loucos ou são ignorantes, ou são iconoclastas irreverentes

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Perde a natureza sua aura sagrada. Nem os céus proclamam a glória de Deus, como
acreditava Kepler, e terra anuncia o seu amor. Céus e terra não são o poema de um ser supremo invisível. E é por isto que não existe nenhum interdito, nenhuma
proibição, nenhum tabu a cercá-los. A natureza é nada mais que uma fonte de
matérias-primas, entidade bruta, destituída de valor. O respeito pelo rio e pela fonte.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Coisas que nada significam podem passar a significar, por meio de um artifício.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Há certas situações em que as palavras deixam de significar, abandonam o mundo
da verdade e da falsidade, e passam a existir ao lado das coisas.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Quem confunde coisas que significam com coisas que nada significam
comete graves equívocos.

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento

Nascemos fracos e indefesos; incapazes de sobreviver como indivíduos isolados; recebemos da sociedade um nome e
uma identidade; ( ... ) É compreensível que ela seja o Deus que todas as religiões adoram...

Rubem Alves
Inserida por gabisms02
1 compartilhamento