John Piper

1 - 25 do total de 90 pensamentos de John Piper

"O pensamento correto dá a forma á vida correta".

John Piper
95 compartilhamentos

O amor é a expansão e o transbordar
do prazer em Deus,que alegremente supre a necessidade dos outros.

John Piper
173 compartilhamentos

Uma das maiores utilidades do Twitter e Facebook será provar no Último Dia que a falta de oração não era por falta de tempo.

John Piper
1026 compartilhamentos

"Se você tem desejado ser um Cristão, marque isso: sofrimento. Se você não o teve, ele ainda virá se você andar com Ele. Pois por causa de Cristo, a vocês foi concedido que vocês não deveriam apenas crer, mas sofrer. É concedido a você, é dado como um presente com um grande laço, que você irá sofrer. Não estranhe quando isso vier, é o preço: ele pagou com sua vida por nossa salvação. Nós nos unimos a ele nesse sofrimento para demonstrar a natureza do mesmo. Como irão ver quanta satisfação Ele é em nós, se parece que são outras coisas que realmente nos satisfazem?"

John Piper
175 compartilhamentos

"A marca da cultura de consumo é a redução do ‘ser’ para ‘ter’.”

John Piper
60 compartilhamentos

“A humildade só pode sobreviver na presença de Deus.”

John Piper
155 compartilhamentos

"Se você permanecer em silêncio porque suas palavras podem ser interpretadas de forma errada, você nunca falará."

John Piper
256 compartilhamentos

"A pergunta mais importante que podemos fazer sobre qualquer hábito, ação ou comportamento é: Isto contradiz o Evangelho?"

John Piper
148 compartilhamentos

É impressionante como muitas pessoas se consideram cristãs, mas não consultam a Cristo ao fazer escolhas.

John Piper
378 compartilhamentos

"Lembre-se, você tem apenas uma vida e foi feito para Deus. Não a desperdice."

John Piper
235 compartilhamentos

“Este é o propósito universal de Deus para todo o sofrimento cristão: mais contentamento nEle e menos satisfação no mundo.”

John Piper
123 compartilhamentos

"Somos alegria para Deus quando Ele é nosso tesouro."

John Piper
40 compartilhamentos

"Orar com fé não significa que tudo o que pedimos acontecerá. Significa que confiamos que Deus nos escutará e ajudará da melhor forma."

John Piper
1.2 mil compartilhamentos

“Impaciência é o que sentimos quando começamos a duvidar da sabedoria do tempo de Deus ou da bondade de Sua orientação.”

John Piper
117 compartilhamentos

“Uma vez que Deus pagou o infinito preço de Seu Filho por você, não é certo que Ele cuidará em prover tudo o que você precisa?”

John Piper
71 compartilhamentos

“Este é o dia que o Senhor fez para você, alegre-se nEle. Há esperança. Há bondade. Há perdão.”

John Piper
255 compartilhamentos

"O universo é como um amendoim no bolso de Deus. Não é nada comparado ao Seu valor e Glória infinita."

John Piper
29 compartilhamentos

"Deus trouxe você aqui hoje, para que eu possa lhe dizer, da parte dEle, que Ele tem um convite para você, e um presente. Deus está dizendo a você, agora: “Eu comuniquei tudo o que você precisa saber para ter piedade e vida, e para ser frutífero para mim, poderoso para mim e fiel a mim. Eu falei estas coisas e convido você a desfrutar delas, convido você a vivê-las. Não para lamber como um pirulito de três em três dias. Eu convido você para viver aqui! Segurar isso! Amar isso! Ler isso, meditar nisso, memorizar isso, dia e noite!” Não deixe o mundo moldar você, para que isso pareça chato. O Deus Todo Poderoso falou aqui! Isso não pode ser chato! Nós somos o problema! Ele é um vesúvio de alegria, e energia, e poder, e sabedoria, e força, e amor, e justiça, e verdade. Ele não pode ser chato! Televisão é chata! Internet é chata! O mundo é chato!"

John Piper
34 compartilhamentos

A pergunta crucial para nossa geração — e para todas as demais — é esta: se você pudesse ter o paraíso, sem doenças e com todos os amigos que já teve na terra, e todas as comidas das quais gosta, e todas as atividades de lazer que aprecia, e todas as belezas naturais que contemplou, e todos os prazeres físicos que experimentou, e nenhum conflito humano ou desastre natural, se satisfaria com tudo isso, caso Cristo não estivesse nesse paraíso?

John Piper
49 compartilhamentos

Muitos crentes pensam que lutam contra a tentação quando oram por livramento e esperam que o desejo desapareça. Isto é muito passivo. Sim, Deus opera em nós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade! Mas o resultado é: “Desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor” (Fp 2.12-13). Arrancar os olhos talvez seja uma metáfora, mas expressa uma atitude violenta. O cérebro é um “músculo” que devemos exercitar em busca de pureza, e o cérebro do crente é fortalecido com o poder do Espírito de Cristo. Isto significa que não devemos dar mais do que cinco segundos a uma imagem ou um impulso sexual, antes de lançarmos um contra-ataque violento em nossa mente. Isso mesmo! Cinco segundos. Nos dois primeiros segundos, dizemos: “Não! Saia de minha mente”. Nos dois próximos segundos, clamamos: “Ó Deus, em nome de Jesus, ajuda-me. Livra-me agora. Eu sou teu”. Este é um bom começo. Mas a verdadeira batalha está apenas começando. É uma batalha da mente. A verdadeira necessidade é lançar fora da mente a imagem e o impulso. De que maneira? Traga à sua mente uma contra-imagem que exalta a Cristo e cativa a alma. Lute. Empurre. Ataque. Não diminua o empenho. Tem de ser uma imagem tão poderosa, que as outras não sobreviverão diante dela. Existem pensamentos e imagens que destroem concupiscências. Por exemplo, nos primeiros cinco segundos da tentação, você já exigiu de sua mente que ela se fixasse, com firmeza, na forma de Jesus Cristo crucificado? Imagine isto: você acabou de ver uma moça com uma blusa transparente queo motivou a fantasiar. Você tem cinco segundos.“Não! Saia de minha mente. Ó Deus, ajuda-me!” Agora, exija de sua mente que ela fixe sua contemplação na cruz de Cristo — isto pode ser feito por intermédio do Espírito Santo. Use todo o seu poder de imaginação para ver o lado ferido de nosso Senhor. Trinta e nove chicotadas deixaram pouca carne intacta. O corpo do Senhor se move para cima e para baixo, por causa de sua respiração, sobre a trave vertical da cruz. Cada respiração introduz lascas na carne lacerada. O Senhor ofega. Em alguns momentos, Ele geme, sob a dor insuportável. Ele tenta se mover na madeira, mas os cravos O impedem, travando os seus pulsos e atingindo os terminais dos nervos. Ele geme com grande agonia e procura mexer os pés, para trazer algum alívio a seus pulsos. Contudo,os ossos e nervos de seus pés traspassados se comprimem um contra o outro, com agonia, de modo que Ele geme novamente. Não há qualquer alívio. A garganta dEle está seca por gemer e sentir sede. Ele perde a respiração e pensa que está sufocado. E, de repente, seu corpo suspira por ar, e todas as feridas doem. Em intensa aflição, Ele se esquece da coroa de espinhos de seis centímetros e, em desespero, inclina para trás a cabeça, batendo um dos espinhos perpendiculares contra a trave da cruz, fazendo-o penetrarem sua cabeça. Sua voz ecoa um tom agudo de dor, e soluços irrompem de seu corpo, traspassado e dolorido, enquanto cada gemido traz mais e mais dores. Agora, não estou mais pensando naquela blusa. Estou no Calvário. Estas duas imagens são incompatíveis. Se você usar o vigor de seu cérebro para buscar e se fixar em — com todo o poder de seu pensamento — imagens de Cristo crucificado, com a mesma energia criativa que usa nas fantasias sexuais, você aniquilará essas fantasias. Mas você tem de começar nos primeiros cinco segundos e não desistir. Portanto, a minha pergunta é: você luta, em vez de apenas orar, esperar e tentar evitar? É imagem contra imagem. É um conflito mental, impiedoso e contínuo. Não basta apenas orar e esperar. Una-se a mim neste conflito sangrento, a fim de mantermos o corpo e a mente puros para o Senhor, para minha esposa e para a igreja. Jesus sofreu além do que podemos imaginar, a fim de “purificar, para si mesmo, um povo exclusivamente seu” (Tt 2.14). Todo clamor e suspiro de Jesus tinha o objetivo de matar a minha concupiscência — “Carregando, ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos aos pecados, vivamos para a justiça” (1 Pe 2.24).

John Piper
3 compartilhamentos

Que Deus molde nossos pensamentos e sentimentos de forma que possamos ter o fruto que exalta a Cristo.

John Piper
3 compartilhamentos

Torne sua vida uma constante comunhão com Deus. O aroma dEle não permanece por muito tempo em uma pessoa que não se demora em Sua presença.

John Piper
2 compartilhamentos

Pecado é rebeldia. Em outras palavras, o pecado é a recusa do homem em se submeter à Palavra de Deus.

John Piper
2 compartilhamentos

Você sempre pode se encontrar nos Salmos. Não importa com o que você está lidando. Você está sempre lá!

John Piper
2 compartilhamentos

Eis o que a Bíblia diz. Aprecie isto.

1. A verdade bíblica salva.
“Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Continua nestes deveres; porque, fazendo assim, salvarás tanto a ti mesmo como aos teus ouvintes” (1 Timóteo 4.16; ver também Atos 20.26-27, 2 Tessalonicenses 2.10).

2. A verdade bíblica liberta de Satanás.
“Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8.32; ver também 2 Timóteo 2.24-26).

3. A verdade bíblica transmite graça e paz.
“Graça e paz vos sejam multiplicadas, no pleno conhecimento de Deus e de Jesus, nosso Senhor” (2 Pedro 1.2).

4. A verdade bíblica santifica.
“Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade” (João 17.17; ver também 2 Pedro 1.3,5,12; 2 Timóteo 3.16-17).

5. A verdade bíblica serve ao amor.
“E também faço esta oração: que o vosso amor aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda a percepção” (Filipenses 1.9).

6. A verdade bíblica protege do erro.
“Até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitudede Cristo, para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro” (Efésios 4.13-14).

7. A verdade bíblica é a esperança do céu.
“Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido” (1 Coríntios 13.12).

8. A verdade bíblica sofrerá resistência da parte de alguns.
“Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrá-rio, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos” (2 Timóteo 4.3).

9. A verdade bíblica, manejada corretamente, é aprovada por Deus.
“Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade” (2 Timóteo 2.15).

10. A verdade bíblica: continue crescendo nela!
“Crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo” (2 Pedro 3.18).

(Livro: Provai e Vede)

John Piper
68 compartilhamentos