Celina Vasques

126 - 150 do total de 234 pensamentos de Celina Vasques

DE MANHÃ...


Escrevo com a ponta da caneta que brilha
Enquanto as letras choram as saudades de ti!
Do teu lindo sorriso... dos teus silêncios
Do profundo do teu beijo... e das muitas canções...
Que a brisa tocou pra nós!

Inebriei-me de solidão... É de manhã...
distante de ti...
E porque te amo a ferida sangra...
E o meu coração arde por ti...e mais versos
E mais paixão...e escrevo te amo...te amo...
Simplesmente porque te amo!

Penso que rabiscando minhas dores
Assim, a espera se faz breve...quem sabe
ventos soprarão em teus ouvidos as lindas
cartas de Amor...

...e uma profunda melancolia
Mesmo longe de mim
te envolverá qual redemoinho
e teu coração vazio ouvirá a melodia
incansável... alucinante...volta pra mim

E nesta manhã além do contemplar...
irei além dos passos da saudade!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

SOU ESPECIAL...!

Eu me sinto muito especial quando você diz
que és meu!

Eu me sinto muito especial quando você diz que seu
amor sou eu

Eu me sinto muito especial quando você mantém
minha mão na sua...

Eu me sinto muito especial quando você me mantém
nos braços quando
Eu choro ...

Eu me sinto muito especial quando você diz
que está tudo bem ...

Eu me sinto muito especial quando você me chama
de mel ...

Eu me sinto muito especial quando você diz
Eu te amo!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Dizem que as pessoas só se apaixonam uma vez, mas isso não é verdade ..pois
Todas as vezes que eu te olho, apaixono-me de novo ...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Quando eu sinto a sensação doce de te
tocar ..
Tu só me fazes te querer tanto ..Mais...e mais...mas tanto!
E dentro dos teus braços ..nos abraços...
sinto que o mundo é meu...só meu...
Mesmo quando a vida passar...
Só uma coisa nunca passará ...
esta paixão que nunca passa...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Até o ultimo arrepio...

Prisioneira que sou
Do teu amor...
Um pássaro sem voo... Sem partida...
Como num sonho entre brumas...
Procuro por ti... Em algum lugar
No firmamento... Entre céus...
Talvez...
Onde perdi também a alma e a paixão...

Já me reinventei dentro de todas as viagens...
Por entre mares... Por sobre as ondas
Sem chegar nem partir... Sempre no mesmo lugar
A te procurar... Até o ultimo arrepio...

Mas apenas um olhar pra trás onde
Somente um vazio e as palavras que versam
Quais gritos de amor... Nas rimas do meu poema...
A tua ausência e nada mais...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Ao fechar os olhos, o mar sussurra cantares.
Que eu aprecio...
Bato as asas para voar ...pode até ser delírio
Mas... Acredito...!
Posso voar...
Então sinto o vento no rosto
Arrepiando minha pele e a alma
Meu olhar se perde no horizonte
Mas não existem estrelas, nem lua cheia...
Somente a luz do teu olhar...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

PERDOE-ME...

Por ter te amado tanto
Invadido a tua vida...
Nada sou mais que uma lembrança
Nos teus sonhos mais remotos
E as lágrimas de meus olhos se transformam no oceano
Que afogam a minha alma...
Tu eras meu. E fui feliz!
Aquela ilusão me induz a te amar... Novamente...
Amor...
A vida é tão breve
Perdoe-me por insistir tanto...pelos meus versos
E pela paixão que não passa...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Pensei em ti...

Porque será que não te apago
Da minha vida
Nem que seja por um momento?!
Tentei apagar o pensamento
Logo voltei a falar baixinho
Será esta a minha estrela
a que perdi ?!
Silenciei o adágio
Sentindo o pulsar do coração e
do teu amor!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

UM ETERNO DIA...

Presa ao encanto do silêncio
Viajo em noites e madrugadas frias...
Fugindo da agonia...
Na procura de um doce instante...
Procurando a rota de um sol brilhante
Talvez... Um eterno dia...!
Pássaro que sou pousado em teu coração
Ou uma pétala de flor voando sem destino...
Aonde a saudade vem consumindo...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Embriago-me de solidão...!

Amargura-me a noite sem lua...
A nostalgia toma conta de mim
E entre soluços deixo navegar lágrimas que queimam
A minha face e sem pressa escorrem...
Entre as pálpebras fechadas...

Esqueço-me das horas que passam
Para pensar num passado ainda tão presente
E atravesso a sagacidade das lembranças
( eu quase as esqueci)
E eu ali quieta esperando encontrar
Não sei bem o que?!

Num momento em que o céu não tem estrelas...
Nem brilho... Num desencontro fulgente...
Dos eternos amantes...
Noturna inquietação de sentires
Embriago-me de solidão
Afago meu peito e lá está a paixão...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

És fina flor...


Esta minha alma
Este meu corpo
Tatuado de saudade daquele
Acariciante olhar...o teu...
É fina flor de eterno encanto
E minhas poesias se transformam
Em inspirações perfumadas trazidas pela brisa...
E te amo com esta loucura sem fim...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Tua alma...teu sentir!

Sou aquela que procuravas na vida...
Banhei-te com afeto e com meu olhar...
Fiz-te meu... Rei, meu dono, teu anjo mulher...
Sempre te amei além do mar... Muito além do amar...
Arco-íris de tua vida!

Amenizei tuas falhas e encontrei uma por uma
Tuas emoções...
Povoei teus sonhos e aleitei em teu carinho,
Envolvi-te em meus braços cheios de abraços
E te sussurrei com voz rouca, emocionada, cheia de ternura...
Sou tua busca teu rumo... Teus sonhos, teus passos...
Sou eternamente tua... Sou teus sentidos...
Muito além da tua vida
Sou a Tua alma...Teu sentir!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Respiro sentimento...
...e fico pensando que...
A vida é tão breve...
Então, meus olhos fitam os céus sem fim...
Idealizei sonhos... Conjecturei quimeras...
Nas noites de mil encantos... Os meus desencantos
Dos suspiros de amor... Do estremecer do silencio
Da vastidão do mar... E todo este amar...

Cai em meu rosto gotas de chuva fina que provoca em mim
Uma torrente de emoções... E a vida se vai...
Esvai-se...

E me faço silencio... E respiro sentimento...
Esta sensação que me transforma em solidão
E em saudades... E me finjo de esquecida...
Das lembranças de minha vida

E a angustia instala-se no meu peito...
Enfim... Quero que me leias...
Qual se eu fora uma poesia... Escrita por ti...
Sente-me!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Sou apenas...promessas de amor!

Escrevo às vezes
Simplesmente para rasgar o silencio
Da solidão das noites de insônia... Sem sonhos...
Talvez para contemplar as estrelas e
Esta lua fascinante de Misteriosa beleza transcendental...
Ou quem sabe ser testemunha de um novo nascer do sol...
Momento em que todas as esperanças renascem
Num novo dia...
- Sol brilhante em eterno dia -
Serei eu uma rosa que se abrirá após o orvalho
Das madrugadas sem fim... Trazendo o perfume
Inebriante das manhãs primaveris...?
Então descubro que sou apenas poesia
Versos escritos por ti poeta...
Sou apenas promessas de amor...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Deixa-me falar de ti...

De este teu acariciante olhar
Descrito num poema sem fim...
Do encantamento dessa doçura
Quando me tocas a luz do luar... e

Transformo-te em poesia e te falo em atingirmos
Sonhos inventados!

Elevo o olhar sob o palato mais infinito
E vislumbro quimeras...
É tudo tão breve a vida passa depressa...

Mas... Pensemos nos encantos das noites
Quando fizemos estremecer o silencio
Com nossos gemidos e ais

E, sinto-te no correr da memória do tempo
Descubro-te luz nos caminhos que percorro...
Com a alma e o coração inundados de ti...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Água Encantada...


Cai uma chuva miúda
Água encantada em mil pingos
Parecem lágrimas tais como minhas mais profundas agonias
Eterna é esta neblina provocada
nas noites de
Viajante das arruinadas alvoradas
Navegadora de canoas de papel
Uma aura de fresca brisa veio do mar rumo
Ao meu coração... Bússola dos meus mais profundos
Sentires
Sequei a água dos olhos que rolavam nas faces
E vi minhas dores serem engolidas por um furioso rio...

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Brado secreto...

Parti de ti sem nem ao
Menos te haver tocado
Quais as aves... Que voam sem nada atingir
E eu poeta...
... Cativa do teu mundo de sonhos...
Neste entardecer brando de agonias
Morro devagar a cada dia
Respirando este afeto silente...

Em meu peito
Surge um brado secreto sussurrante
Despedaçando meu coração que se inflama...

Conserva-me, pois na memória... Como se eu fora
A consagração integral de uma essência
E eu te derramarei doces adágios
E te deixarei meu melhor e mais lindo sorriso
De encantamento...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Na minha varanda...

O tempo passa por mim vagaroso
Suave... E eu escrevo horas a fio...
Mergulhando neste oceano de letras...
Conto histórias de amor... Combino poemas...
E o tempo vai passando...
E passo meus dias assim... Nesta varanda
Olhando o horizonte... Tentando respostas para a minha vida
E vem a chuva e eu continuo ali...
Observando as gotas de água no vitral
Escrevendo com paixão ...
As mais belas histórias de amor !

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Misterioso...

Contemplo a quem as minhas saudades abraçam
E escrevo versos... Talvez a minuta de páginas dos dias passados...
E num momento de grande emoção... Então pintei o céu de azul...
Tocando ao compasso febril do coração
Ah...Deixa-me sentir até onde a forma se desapega
Deixa-me ser genuinamente louca e compreensiva
No mais eu no profundo de mim...
Deixa que a purpurina
Da eternidade te toquem... Apenas sinta...
Nestes minutos que proclamo eternos...
Um pedacinho de ti que dança ao vento...
E por ti nas noites sigo as constelações estelares
Cruzo os teus passos
Sabes o amor não se inventa ou detém... Ele não morre
Está no coração...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

"No silêncio prendo-me a tua solidão de sonhador e entre ventanias deito-me sob o manto do teu corpo e deixo passar o tempo que o vento levou"

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Tens medo do amor...

Mas ele existe quanto maior mais profundo
Pelo mar onde reflete o azul do céu
No nascer e do por do sol
O sorver da terra... E as flores de todas as cores...
Das canções cujas melodias falam de encanto e nostalgia...
Enquanto o teu coração temeroso arquiteta uma saída
Teus lábios sussurram não...!
Mas teu coração... Quer o meu amor...
E fazes poemas que a cada dia
Vão-se inflamando sozinhos
Em sopro de ventos estranhos
E eu falo-te de amor em mansa oração
Pela solidão que me toma por dentro
Um vazio triste oculto de inquietude e revolta
Deste amor por ti que nunca terá fim!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Preciso sonhar...

(...) quando te vejo entre brumas nas noites
de meus sonhos mais profundos
Tenho vontade de pintar-te em tela
Ao amanhecer...
Iria inventar teus olhos e a
Boca mais linda para que tenham sorrisos... E palavras de amor
E se mesmo assim você não existisse...
Fala-me por que eu iria existir
Teria de inventar também o amor
Faze-lo nascer a cada dia nas cores da primavera...!?(...)

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Noturnas...

Eu me lembro de seu sorriso
vc é a única pessoa que jamais poderei esquecer...
Vc é o melhor que já tive...
Quando a noite e as estrelas aparecem...
E não tem ninguém para enxugar suas lágrimas...
Com certeza você vai lembrar-se de mim...
Eu sempre enxugava suas lágrimas...
Com meus beijos à luz do luar!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Hoje respiro o silencio...
No relento da noite...
Adornada de princesa... Para deixar transparecer minha alma
Para que a vejas... Qual me viste em sonhos...
Deste-me as mãos e percorremos oceanos inteiros e
Viajamos nas ondas... No marulhar das águas...
Fizeste-me promessas... Nunca mais saudades ausentes...
E, deixei-me sonhar. ...
Escutando uma doce melodia até o amanhecer...
Poemas foram ensejados para ti...
Vem precisamos sorrir... Vamos atirar ao mar nossas dores...
A partir de hoje...
Espero-te!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento

Aliança com a paixão...

Contemplo as verdades lúcidas do tempo...
E falo do suspiro de um lindo pássaro...
Parei meus olhos nesse doce momento...
Vivi nas areias da praia essa longa espera...
Chegaste voando nas asas de uma gaivota
E te fiz perguntas vindas do coração
E me olhaste em Silêncio...
E eu escrevi metáforas impenetráveis
E desejei ser pedra em mar profundo
Elevo os olhos aos céus mais infinitos...
deles soltam-se arco íris
De muitas cores...Fantasiando sonhos...
E renovo a aliança com a paixão...!

Celina Vasques
Inserida por celinavasques
1 compartilhamento