Biografia de Antoine Lavoisier

Antoine Lavoisier

Antoine Lavoisier nasceu em Paris, França, no dia 26 de agosto de 1743. Filho de rico comerciante e proprietário de terras. Formou-se em Direito, mas estava mais interessado no estudo da ciência. Aos 22 anos recebeu medalha de ouro da Academia de Ciências da França ao vencer um concurso pela elaboração de um plano para iluminação das ruas de Paris. Dois anos depois se torna membro dessa Academia, como reconhecimento pelo seu trabalho de preparação de um estudo geológico da França.

Lavoisier se tornou Fermier General, o arrecadador-chefe dos impostos da monarquia francesa. Ao mesmo tempo, fazia pesquisas sobre a ferrugem dos metais, sobre combustão, fósforo e enxofre. Deu o nome de “oxigênio” ao ar que o cientista Priestley chamara de ar perfeito. Inventou balanças delicadas para suas pesquisas. Foi reconhecido como um dos pais da moderna Química como resultado dos experimentos que demostravam a importância da lei da conservação da matéria, que assim se enuncia: “Na Natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma”.

Foi o primeiro a demonstrar que o calor do corpo humano é produzido por um processo de “queima” que se passa continuamente em nosso corpo e que da combinação de alimento e oxigênio. Enquanto fazia suas experiências, foi preso por um dos chefes do terror que se seguiu à Revolução Francesa, por haver rejeitado um tratado químico submetido por Marat à Academia Francesa. Todos os membros da organização arrecadadora de impostos formam presos, como ladrões que espoliavam o povo. No dia 8 de maio de 1794 foi guilhotinado, em Paris.

Acervo: 2 frases e pensamentos de Antoine Lavoisier.

Frases e Pensamentos de Antoine Lavoisier

Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.

Antoine Lavoisier
768 compartilhamentos

"Nada se cria, tudo se transforma."

Antoine Lavoisier
Inserida por kretzmann
1 compartilhamento